HOME > Geral

Polícia de Alckmin matou duas pessoas por dia neste ano

Dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo mostram que 137 pessoas foram mortas por policiais militares e civis nos meses de janeiro e fevereiro deste ano; média de mortes por dia; do total de mortos em confronto, 92 foram atingidos por policiais militares; outras 134 pessoas foram feridas por policiais militares e civis em serviço ou de folga no estado no mesmo período; os números dos mortos por policiais não são incluídos nas estatísticas de homicídio porque, segundo a Secretaria da Segurança Pública, fazem parte de "intervenção policial" e são "ações legítimas"

Dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo mostram que 137 pessoas foram mortas por policiais militares e civis nos meses de janeiro e fevereiro deste ano; média de mortes por dia; do total de mortos em confronto, 92 foram atingidos por policiais militares; outras 134 pessoas foram feridas por policiais militares e civis em serviço ou de folga no estado no mesmo período; os números dos mortos por policiais não são incluídos nas estatísticas de homicídio porque, segundo a Secretaria da Segurança Pública, fazem parte de "intervenção policial" e são "ações legítimas" (Foto: Aquiles Lins)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

SP 247 - Dados divulgados nesta quinta-feira, 31, pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo mostram que 137 pessoas foram mortas por policiais militares e civis que estavam trabalhando ou de folga em janeiro e fevereiro. 

Do total de mortos em confronto, 92 foram atingidos por policiais militares e três, por policiais civis. De folga, policiais militares mataram 37 pessoas em janeiro e fevereiro, e cinco pessoas foram atingidas pela Polícia Civil. Em 2015, 798 pessoas foram mortas e 711 ficaram feridas em confrontos com a polícia no estado de São Paulo.

Outras 134 pessoas foram feridas por policiais militares e civis em serviço ou de folga no estado em janeiro e fevereiro, de acordo com dados da pasta da Segurança.

Os números dos mortos por policiais não são incluídos nas estatísticas de homicídio porque, segundo a Secretaria da Segurança Pública, fazem parte de "intervenção policial" e são "ações legítimas".

Os dados publicados pela SSP no Diário Oficial mostram ainda que, no bimestre, um policial acabou morto enquanto trabalhava. Em 2015, 16 policiais foram mortos e 66 ficaram feridos. Ainda segundo a SSP, 31 policiais militares e civis acabaram feridos em serviço nos dois primeiros meses.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: