Políticos e usineiros, família divide apoios

A família Toledo, que atua no setor sucroenergético e com ramificações na política alagoana, está dividida na disputa ao Senado Federal; o deputado estadual Fernando Toledo (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa, apóia Heloísa Helena (PSOL), enquanto o primo deputado federal pelo PSB e candidato a vice-governador na chapa do PP, está com Omar Coelho (DEM); posição de Heloísa tem gerado críticas nas redes sociais

A família Toledo, que atua no setor sucroenergético e com ramificações na política alagoana, está dividida na disputa ao Senado Federal; o deputado estadual Fernando Toledo (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa, apóia Heloísa Helena (PSOL), enquanto o primo deputado federal pelo PSB e candidato a vice-governador na chapa do PP, está com Omar Coelho (DEM); posição de Heloísa tem gerado críticas nas redes sociais
A família Toledo, que atua no setor sucroenergético e com ramificações na política alagoana, está dividida na disputa ao Senado Federal; o deputado estadual Fernando Toledo (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa, apóia Heloísa Helena (PSOL), enquanto o primo deputado federal pelo PSB e candidato a vice-governador na chapa do PP, está com Omar Coelho (DEM); posição de Heloísa tem gerado críticas nas redes sociais (Foto: Voney Malta)

Alagoas247 - Ligada ao setor sucroalcooleiro e com ramificações na política, a família Toledo está dividida na corrida ao Senado Federal. Enquanto o presidente da Assembleia Legislativa de Alagoas, deputado Fernando Toledo (PSDB), apoia a candidata Heloísa Helena (PSol), o candidato a vice-governador na chapa do PP, Alexandre Toledo (PSB), anunciou que está com Omar Coêlho de Melo (DEM).

A demonstração de apoio da ala tucana da família à Heloísa Helena veio nessa quinta-feira (4), quando a candidata participou de evento em Cajueiro, a convite da prefeita Lucila Toledo (PSDB) - que é mulher de Fernando. O fato, inclusive, foi explorado no guia eleitoral desta sexta-feira pelo candidato Elias Barros.

Em vídeo exibido, o deputado Fernando Toledo e a mulher aparecem pedindo voto para Heloísa. As imagens mostram a candidata agradecendo o apoio, o que já aconteceu com outros tucanos, como o candidato ao governo Júlio Cezar.

O apoio foi criticado por ex-integrantes do PSol, como Alexandre Fleming, que disputou a eleição para prefeito pelo partido. "A candidata dos tucanos ao Senado, Heloísa Helena (Rede/PSOL) reunida com Fernando Toledo (presidente da mesa da assembleia legislativa de Alagoas) e Lucila Toledo (prefeita de Cajueiro). Segue o vale tudo por um mandato com alianças espúrias e sem programa e propostas?!", escreveu ele em uma rede social ao publicar uma foto do encontro.

Apesar das imagens, por meio de redes sociais, Heloísa Helena rebateu críticas e disse que não firmou nenhum acordo com os Toledo. "Estive na cidade de Cajueiro para apresentar alternativas ao setor Saúde (da Atenção Básica à Média e Alta Complexidade na região do Vale da Paraíba). Excelente reunião com técnicos da Saúde promovida pela Prefeita Lucila Toledo. Aviso a quem eu respeito e amo que não há acordo, aliança ou qualquer outro interesse sujo na minha vida política! Absolutamente nenhum!", ponderou.

A reportagem também tentou falar por telefone com a candidata, que não atendeu nossas ligações. Além de telefonemas, foram enviadas mensagens pelo aplicativo WhatsApp, que não foram respondidas.

APOIO A OMAR COELHO

O apoio de Alexandre Toledo a Omar Coêlho de Melo (DEM) foi exaltado pelo próprio candidato, após o surgimento de informações de bastidores de que o candidato a vice-governador na chapa do PP e que até pouco tempo integrava o PSDB passaria a apoiar Heloísa Helena. "Alexandre Toledo assegura apoio ao nome de Omar Coelho", dizia material enviado à imprensa pela assessoria do candidato.

"Estou e sempre estive com Omar e ele é o candidato ao Senado da minha chapa com Biu", assegurou Toledo, segundo material de campanha de Omar.

As insinuações, conforme o material do candidato buscavam relacionar o nome da presidenciável Marina Silva, do PSB, com outra candidatura que não está sendo apoiada pelo partido em Alagoas.

"Percebemos é que quem torce contra se aproveita da situação para lançar boatos", afirmou Omar Coelho assegurando o crescimento de sua campanha nos últimos dias. "Fui o último a ser lançado, muitos eleitores não sabiam que eu era candidato, agora que estou nas ruas, no rádio e na TV começo a crescer e isso preocupa os adversários e seus intermediários", comentou Omar sobre o boato de que Alexandre Toledo estaria apoiando outra candidatura.

Com gazetaweb.com

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247