“Por mais formandos negros, por mais profissionais negros”, diz Pimenta na Bahia

"Os alunos da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira que colaram grau, representam não só uma conexão necessária com a África, mas também o registro da vitória de um povo que é diariamente forçado para as margens. Nos cabelos, peles e sangue, contam a história de vários continentes e hoje passam por um ritual que marcam a trajetória do país", diz o deputado Paulo Pimenta (PT-RS), que acompanha o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em sua caravana; ontem, ele foi patrono da formatura dos alunos

Lula na Bahia
Lula na Bahia (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Paulo Pimenta, em seu Facebook

Dando continuidade à agenda da caravana Lula Pelo Brasil esteve em São Francisco do Conde, na Bahia, cidade com população majoritariamente negra, e participou como patrono na colação de grau de estudantes da Unilab - Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira. 

Os alunos da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira que colaram grau, representam não só uma conexão necessária com a África, mas também o registro da vitória de um povo que é diariamente forçado para as margens. Nos cabelos, peles e sangue, contam a história de vários continentes e hoje passam por um ritual que marcam a trajetória do país.

Por mais formandos negros, por mais profissionais negros.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247