'Porta' descoberta em Marte é uma 'porta para o passado antigo', diz NASA

O rover Curiosity utilizou o instrumento Mastcam para tirar a foto da rachadura

www.brasil247.com - Registro enviado pela sonda Curiosity levantou questões sobre aspecto de formação rochosa no planeta vermelho
Registro enviado pela sonda Curiosity levantou questões sobre aspecto de formação rochosa no planeta vermelho (Foto: Nasa)


247 - Os cientistas da Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço (NASA) por trás do rover Curiosity, veículo espacial que explora a cratera Gale em Marte, disseram que a foto tirada no começo do mês de uma suposta ‘porta’ cortada em um penhasco no planeta vermelho é na realidade apenas uma pequena fratura. As informações são do portal Yahoo.

Contudo, ‘em um sentido menos literal’, a equipe da agência espacial disse que está interessada nessas rochas como um 'portal para o passado antigo’ do planeta vermelho.

O rover Curiosity utilizou o instrumento Mastcam para tirar a foto da rachadura, que tem apenas 30 centímetros de altura e 40 centímetros de largura.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Esses tipos de fraturas expostas são comuns em rochas, tanto na Terra quanto em Marte”, disse a NASA em um comunicado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A equipe do Curiosity afirmou no Twitter que o frenesi da internet em relação à ‘porta’ faz parte de uma tendência do cérebro humano de procurar padrões que façam sentido em formas ambíguas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Claro, pode parecer uma pequena porta, mas, na verdade, é uma característica geológica natural!”, disse a equipe na rede social.

Ainda assim, os cientistas alegaram que, mesmo não esperando que uma civilização alienígena esteja atrás da 'porta', eles acreditam que a rachadura fornecerá oportunidades interessantes para novas ciências.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email