Postos terão de informar proporção entre etanol e gasolina

Os postos de combustíveis de Salvador terão que afixar cartazes ou letreiros digitais informando qual a razão entre o preço do etanol e da gasolina; decreto que obriga a adoção da medida foi publicado no Diário Oficial do Município deste final de semana (14 a 16 de dezembro) e começa a valer após 90 dias da sua divulgação

Os postos de combustíveis de Salvador terão que afixar cartazes ou letreiros digitais informando qual a razão entre o preço do etanol e da gasolina; decreto que obriga a adoção da medida foi publicado no Diário Oficial do Município deste final de semana (14 a 16 de dezembro) e começa a valer após 90 dias da sua divulgação
Os postos de combustíveis de Salvador terão que afixar cartazes ou letreiros digitais informando qual a razão entre o preço do etanol e da gasolina; decreto que obriga a adoção da medida foi publicado no Diário Oficial do Município deste final de semana (14 a 16 de dezembro) e começa a valer após 90 dias da sua divulgação (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - Os postos de combustíveis de Salvador terão que afixar cartazes ou letreiros digitais informando qual a razão entre o preço do etanol e da gasolina. Decreto que obriga a adoção da medida foi publicado no Diário Oficial do Município deste final de semana (14 a 16 de dezembro) e começa a valer após 90 dias da sua divulgação.

Com a lei, de autoria do vereador Tiago Correia, a Prefeitura busca informar ao consumidor quando será mais vantajoso consumir o etanol em vez da gasolina.

Hoje, de acordo com os cálculos dos órgãos responsáveis pelo setor de combustíveis, é vantagem optar pelo etanol quando seu preço for o equivalente a até 70% do valor da gasolina.

Segundo o decreto, os cartazes deverão estar em locais visíveis e com letras de tamanho ou maior às usadas para exibir o preço dos combustíveis.

A fiscalização será feira pela Coordenação de Defesa do Consumidor do Município (Codecon). Nos casos de irregularidades, os infratores poderão ser multados em até três salários mínimos. Os custos referentes à confecção dos cartazes ou letreiros ficarão a cargo do posto.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247