CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

PR pode trocar Padilha por Alckmin em SP

Deputado Milton Monti tem reunião marcada com Edson Aparecido, secretário da Casa Civil do governo tucano; no início de fevereiro, o empresário Maurílio Biagi, filiado à sigla, recusou ao ex-presidente Lula a vaga de vice na chapa petista de SP

Imagem Thumbnail
Deputado Milton Monti tem reunião marcada com Edson Aparecido, secretário da Casa Civil do governo tucano; no início de fevereiro, o empresário Maurílio Biagi, filiado à sigla, recusou ao ex-presidente Lula a vaga de vice na chapa petista de SP (Foto: Roberta Namour)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – Após recusar ao ex-presidente Lula a vaga de vice na chapa de Alexandre Padilha (PT) na disputa pelo governo de São Paulo, o empresário Maurílio Biagi abriu espaço para o seu partido negociar com o PSDB.

Biagi foi o anfitrião de um jantar que reuniu empresários do setor de agronegócios com os petistas. Na ocasião, o governo Dilma Rousseff foi fortemente criticado pelos usineiros.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Desde então, o PR tem conversado com os tucanos. Leia na nota de Vera Magalhães, do Painel:

Dona Flor O PR voltou a negociar o apoio à reeleição de Geraldo Alckmin (PSDB). O deputado Milton Monti tem conversa marcada com Edson Aparecido (Casa Civil). Há duas semanas, o empresário Maurílio Biagi, filiado à sigla, recusou ser vice de Alexandre Padilha (PT).

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO