Preconceito pode barrar Richarlyson no Palmeiras

Anncio de negociaes para a transferncia do jogador para o clube do Parque Antrtica reacende preconceito e gera onda de protestos da torcida palmeirense na internet

Preconceito pode barrar Richarlyson no Palmeiras
Preconceito pode barrar Richarlyson no Palmeiras (Foto: LUCAS PRATES/Agência Estado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Diego Iraheta _247 - A possível transferência de Richarlyson para o Palmeiras gerou uma onda de protestos no Twitter e levou a hashtag #foraricharlyson para os Trending Topics. Depois de jogar o Brasileirão pelo Atlético Mineiro, o volante pode ser moeda de troca de Pierre, atualmente emprestado pelo Verdão para o Galo. Como Pierre quer ficar em Belo Horizonte, o técnico Luiz Felipe Scolari resolveu contratar Richarlyson. O repúdio à negociação – que ainda não foi concluída – está principalmente baseado nas dúvidas sobre a orientação sexual do volante.

São os próprios representantes organizados de torcedores palmeirenses que estão estimulando o barulho contra o jogador. “Pelo amor de deus @fabiofinelli avisa o Frizzo que se o Richarlyson vier para o Palmeiras será a maior gozação! #foraRicharlyson”, tuitou @lanostracasa, avatar sobre notícias do estádio Arena Palestra Itália. É um apelo ao assessor de imprensa do clube.

Com quase seis mil seguidores, a Sociedade Esportiva Palmeiras foi mais agressiva. “Tirone, seu cusão... Queremos camarão, e não um viadão. Richarlyson”, disparou o @Palmeiras_s2. As palavras desrespeitosas podem balançar o presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone?

Avatars de piadinhas também não perdem a vez, e o Palmeiras é muito zombado. O @Fail_Futebol sublinha: “Trocar Pierre por Richarlyson NÃO é sacanagem, é VIADAGEM!”. Diz o @oSergio: “Palmeiras sai do armário e contrata Richarlyson.”

Qual é sua opinião sobre o tamanho desse buzz?

O #foraricharlyson é reação ao desempenho do jogador ou é preconceito nos campos?

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email