Prefeito nega rejeição ao nome de Iratã como vice

A indicação do vereador Iratã Abreu atrairia um possível apoio da senadora Kátia Abreu. A declaração do prefeito é uma resposta à nota divulgada pelo Blog CT de que ele aceitaria um nome indicado pela senadora Kátia Abreu, desde que não fosse o seu filho, vereador Iratã Abreu

A indicação do vereador Iratã Abreu atrairia um possível apoio da senadora Kátia Abreu. A declaração do prefeito é uma resposta à nota divulgada pelo Blog CT de que ele aceitaria um nome indicado pela senadora Kátia Abreu, desde que não fosse o seu filho, vereador Iratã Abreu
A indicação do vereador Iratã Abreu atrairia um possível apoio da senadora Kátia Abreu. A declaração do prefeito é uma resposta à nota divulgada pelo Blog CT de que ele aceitaria um nome indicado pela senadora Kátia Abreu, desde que não fosse o seu filho, vereador Iratã Abreu (Foto: Fatima 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Tocantins 247 - O prefeito de Palmas, Carlos Amastha(PSB) afirmou, através da sua assessoria de imprensa, que não há rejeição à indicação do vereador Iratã Abreu(PSD) como vice na sua chapa para a reeleição. A indicação de Iratã poderia atrair o apoio da senadora Kátia Abreu(PMDB) que também afirmou, esta semana, ainda não ter posição definida sobre a sucessão em Palmas.

Sobre o apoio de Kátia Abreu, o prefeito Carlos Amastha disse tratar-se de uma posição pessoal dela. “Se trata de uma decisão pessoal dela, de quem ela deve ou não apoiar no pleito que se aproxima”, diz a nota.

A manifestação do prefeito é uma resposta à nota publicada pelo Blog CT, na quarta-feira, dizendo que a senadora Kátia Abreu poderia indicar o vice, desde que não fosse o seu filho, vereador Iratã Abreu.

Veja a íntegra da nota: 

Sobre a nota abaixo publicada no Blog do CT, o prefeito Carlos Amastha informa que não procede tal informação. Não há qualquer rejeição por parte do prefeito Amastha quanto à eventual indicação do vereador Iratã Abreu (PSD) para ser seu vice. Quanto ao apoio da senadora Kátia Abreu, Amastha considera que se trata de uma decisão pessoal dela, de quem ela deve ou não apoiar no pleito que se aproxima.”

 
Fonte: Portal CT
 


Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247