Prefeito sanciona leis para cultura nesta segunda

Será implantado o Sistema Municipal de Cultura a Lei proteção e preservação do patrimônio histórico e cultural da cidade, reivindicações antigas da população soteropolitana; solenidade acontece nesta manhã no Plenário Cosme de Farias, na Câmara Municipal de Salvador

Será implantado o Sistema Municipal de Cultura a Lei proteção e preservação do patrimônio histórico e cultural da cidade, reivindicações antigas da população soteropolitana; solenidade acontece nesta manhã no Plenário Cosme de Farias, na Câmara Municipal de Salvador
Será implantado o Sistema Municipal de Cultura a Lei proteção e preservação do patrimônio histórico e cultural da cidade, reivindicações antigas da população soteropolitana; solenidade acontece nesta manhã no Plenário Cosme de Farias, na Câmara Municipal de Salvador (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - O prefeito ACM Neto (DEM) sanciona nesta manhã as leis que regulamentam a política cultural de Salvador em solenidade que acontece no Plenário Cosme de Farias, na Câmara Municipal de Salvador (CMS), logo mais, a partir das 9h30.

Será implantado o Sistema Municipal de Cultura a Lei proteção e preservação do patrimônio histórico e cultural da cidade, reivindicações antigas da população soteropolitana.

Para o presidente da Fundação Gregório de Matos (FGM), Fernando Guerreiro, evento é uma vitória da classe cultural e artística da cidade.

"Esta era uma antiga dívida que o poder público municipal tinha junto à população. A partir de agora, a cultura será devidamente regulamentada, o que legitima a sua importância para o desenvolvimento de Salvador".

Sanção das leis é resultado de debate realizado entre o governo e a sociedade, com realização de três audiências públicas ao longo de 2013 e o engajamento de vereadores de vários partidos, que apresentaram um total de 15 emendas, sendo todas elas acatadas no texto final dos atos administrativos.

Para o presidente do Legislativo municipal, vereador Paulo Câmara (PSDB), "o processo de definição das leis é resultado do alinhamento interno do poder legislativo e deste com o executivo". E finaliza, "quem ganha é a população de Salvador".

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247