Prefeitos pressionam Assembleia a liberar empréstimo ao governo

Em nota da Associação Tocantinense de Municípios (ATM), os prefeitos do estado se manifestaram em favor dos empréstimos de R$ 600 milhões que aguardam para serem analisados por deputado estaduais na Assembleia Legislativa; de acordo com o presidente da ATM, Jairo Mariano (PDT), prefeito de Pedro Afonso, há um grande interesse por parte dos gestores municipais pela aprovação desses empréstimos, porque "as obras e serviços que serão executados pelo Estado com os recursos do financiamento trarão benefícios diretos aos municípios, como a geração de emprego e renda, os incrementos ao comércio, o aumento da arrecadação local e o fomento à economia"

Em nota da Associação Tocantinense de Municípios (ATM), os prefeitos do estado se manifestaram em favor dos empréstimos de R$ 600 milhões que aguardam para serem analisados por deputado estaduais na Assembleia Legislativa; de acordo com o presidente da ATM, Jairo Mariano (PDT), prefeito de Pedro Afonso, há um grande interesse por parte dos gestores municipais pela aprovação desses empréstimos, porque "as obras e serviços que serão executados pelo Estado com os recursos do financiamento trarão benefícios diretos aos municípios, como a geração de emprego e renda, os incrementos ao comércio, o aumento da arrecadação local e o fomento à economia"
Em nota da Associação Tocantinense de Municípios (ATM), os prefeitos do estado se manifestaram em favor dos empréstimos de R$ 600 milhões que aguardam para serem analisados por deputado estaduais na Assembleia Legislativa; de acordo com o presidente da ATM, Jairo Mariano (PDT), prefeito de Pedro Afonso, há um grande interesse por parte dos gestores municipais pela aprovação desses empréstimos, porque "as obras e serviços que serão executados pelo Estado com os recursos do financiamento trarão benefícios diretos aos municípios, como a geração de emprego e renda, os incrementos ao comércio, o aumento da arrecadação local e o fomento à economia" (Foto: Leonardo Lucena)

Tocantins 247 - Em nota da Associação Tocantinense de Municípios (ATM), os prefeitos do estado se manifestaram em favor dos empréstimos de R$ 600 milhões que aguardam para serem analisados por deputado estaduais na Assembleia Legislativa. De acordo com o presidente da ATM, Jairo Mariano (PDT), prefeito de Pedro Afonso, há um grande interesse por parte dos gestores municipais pela aprovação desses empréstimos, porque "as obras e serviços que serão executados pelo Estado com os recursos do financiamento trarão benefícios diretos aos municípios, como a geração de emprego e renda, os incrementos ao comércio, o aumento da arrecadação local e o fomento à economia".

"São ações em diversas frentes de trabalho como infraestrutura, saúde, segurança pública e educação, com resultados que chegarão diretamente às populações locais", complementou. O empréstimo foi autorizado pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN).

 O dirigente afirmou que a ATM não quer interferir na discussão do mérito, nem tão pouco intervir em possível divergência entre Executivo e Legislativo estadual. "Queremos apenas que as obras sejam iniciadas e concluídas", acrescentou.

Mariano disse que a capacidade de investimento do estado é extremamente reduzida e, como consequência, não existe alternativa imediata para o andamento das obras a não ser pela contratação do empréstimo. "O Tocantins, por ser um estado recém-criado, necessita de obras e serviços estruturantes".

A carta-consulta apresentada à Caixa busca a captação de R$ 453,24 milhões, e ao Banco do Brasil, o valor de R$ 146,76 milhões. De acordo com o Executivo, mesmo com a lei autorizativa aprovada, isso não significa que todo o empréstimo solicitado será concedido integralmente. Tendo em vista que cada item passa pela avaliação técnica das instituições financeiras.



Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247