Prefeitura de Forquilha suspende Festa Junina por recomendação do MPCE

O município está incluído no Decreto Estadual nº 31.725/2015, de 22 de maio, que oficializou a situação de emergência de várias cidades. Por conta disso, o MPCE buscou um diálogo extrajudicial, visando ao cancelamento do evento através da recomendação. No decreto municipal publicado pelo prefeito, ele informou que os recursos que estavam previstos para o Festival deverão ser investidos no combate à seca

O município está incluído no Decreto Estadual nº 31.725/2015, de 22 de maio, que oficializou a situação de emergência de várias cidades. Por conta disso, o MPCE buscou um diálogo extrajudicial, visando ao cancelamento do evento através da recomendação. No decreto municipal publicado pelo prefeito, ele informou que os recursos que estavam previstos para o Festival deverão ser investidos no combate à seca
O município está incluído no Decreto Estadual nº 31.725/2015, de 22 de maio, que oficializou a situação de emergência de várias cidades. Por conta disso, o MPCE buscou um diálogo extrajudicial, visando ao cancelamento do evento através da recomendação. No decreto municipal publicado pelo prefeito, ele informou que os recursos que estavam previstos para o Festival deverão ser investidos no combate à seca (Foto: Renata Paiva)

Ceará 247A Prefeitura de Forquilha decretou a suspensão do XV Festival de Quadrilhas do Município, após recomendação feita pelo Ministério Público do Estado do Ceará, por intermédio da promotora de Justiça Lígia de Paula Oliveira. O evento estava previsto para os próximos dias 2, 3 e 4, com orçamento de cerca de R$ 224 mil. O Município se encontra em estado de emergência e com problemas de abastecimento de água.

A recomendação foi feita ao prefeito, Gerlásio Martins de Loiola, durante reunião ocorrida no último dia 24, na presença da promotora e também do procurador-geral do Município, José Clerton Costa. Cabe ressaltar que Forquilha figura na lista dos municípios incluídos no Decreto Estadual nº 31.725/2015, de 22 de maio, que oficializou a situação de emergência de várias cidades. Por conta disso, o MPCE buscou um diálogo extrajudicial, visando ao cancelamento do evento através da recomendação. No decreto municipal publicado pelo prefeito, ele informou que os recursos que estavam previstos para o Festival deverão ser investidos no combate à seca. 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247