Prefeitura faz propaganda através de livros didáticos, diz denúncia

A prefeitura de São Paulo está sendo acusada de utilizar imagens colocadas em livros didáticos para fazer propaganda política em ano eleitoral, inclusive com fotos publicitárias da gestão do ex-prefeito João Doria (PSDB), decretos e projetos de vereadores; segundo alguns críticos, há, em algumas situações, escolha de textos que fariam parte de uma campanha de difamação do PT em ano eleitoral

A prefeitura de São Paulo está sendo acusada de utilizar imagens colocadas em livros didáticos para fazer propaganda política em ano eleitoral, inclusive com fotos publicitárias da gestão do ex-prefeito João Doria (PSDB), decretos e projetos de vereadores; segundo alguns críticos, há, em algumas situações, escolha de textos que fariam parte de uma campanha de difamação do PT em ano eleitoral
A prefeitura de São Paulo está sendo acusada de utilizar imagens colocadas em livros didáticos para fazer propaganda política em ano eleitoral, inclusive com fotos publicitárias da gestão do ex-prefeito João Doria (PSDB), decretos e projetos de vereadores; segundo alguns críticos, há, em algumas situações, escolha de textos que fariam parte de uma campanha de difamação do PT em ano eleitoral (Foto: Voney Malta)

SP 247 – A prefeitura de São Paulo está sendo acusada de utilizar imagens colocadas em livros didáticos para fazer propaganda política. É que fotos mostram peças publicitárias da gestão de João Doria (PSDB) em exercícios dos livros do ensino fundamental, além de decretos do prefeito e projetos de vereadores.

O secretário municipal de Educação, Alexandre Schneider, rebate e afirma que na atividade há logomarcas de programas institucionais, inclusive da gestão de Fernando Haddad (PT), além de outros projetos pertencentes a outras esferas. Ele argumenta que "a ideia é promover a discussão de problemas da cidade e de políticas públicas endereçadas a resolvê-las."

Em outra questão, imagens que circulam nas redes sociais mostram a página de um caderno de português do 8º ano que contém um texto sobre as manifestações contra a copa de 2014. O artigo, publicado no site da Agência Pública, cita as reações do governo federal, à época comandado pela presidente Dilma Rousseff, ao movimento. Segundo os críticos ao livro didático da prefeitura, a escolha do texto seria parte de uma campanha de difamação do PT em ano eleitoral.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247