Prefeitura trabalha para minimizar efeitos da chuva

Aracaju amanheceu com chuva forte, que aliviou a temperatura depois de vários dias de calor intenso; mas a água que caiu com nas primeiras horas da manhã desta segunda-feira, 20, gerou alguns problemas que tumultuaram a rotina de um dia normal; Prefeitura de Aracaju disponibilizou equipes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) e das empresas municipais de Obras e Urbanização (Emurb) e de Serviços Urbanos (Emsurb) para saná-los da forma mais breve possível e minimizar os transtornos; mais de 40 agentes de trânsito da SMTT auxiliaram os motoristas, que encontraram semáforos com problema de funcionamento

Aracaju amanheceu com chuva forte, que aliviou a temperatura depois de vários dias de calor intenso; mas a água que caiu com nas primeiras horas da manhã desta segunda-feira, 20, gerou alguns problemas que tumultuaram a rotina de um dia normal; Prefeitura de Aracaju disponibilizou equipes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) e das empresas municipais de Obras e Urbanização (Emurb) e de Serviços Urbanos (Emsurb) para saná-los da forma mais breve possível e minimizar os transtornos; mais de 40 agentes de trânsito da SMTT auxiliaram os motoristas, que encontraram semáforos com problema de funcionamento
Aracaju amanheceu com chuva forte, que aliviou a temperatura depois de vários dias de calor intenso; mas a água que caiu com nas primeiras horas da manhã desta segunda-feira, 20, gerou alguns problemas que tumultuaram a rotina de um dia normal; Prefeitura de Aracaju disponibilizou equipes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) e das empresas municipais de Obras e Urbanização (Emurb) e de Serviços Urbanos (Emsurb) para saná-los da forma mais breve possível e minimizar os transtornos; mais de 40 agentes de trânsito da SMTT auxiliaram os motoristas, que encontraram semáforos com problema de funcionamento (Foto: José Barbacena)

Sergipe 247 - Aracaju amanheceu com chuva forte, que aliviou a temperatura depois de vários dias de calor intenso. Mas a água que caiu com nas primeiras horas da manhã desta segunda-feira, 20, gerou alguns problemas que tumultuaram a rotina de um dia normal. A Prefeitura de Aracaju disponibilizou equipes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) e das empresas municipais de Obras e Urbanização (Emurb) e de Serviços Urbanos (Emsurb) para saná-los da forma mais breve possível e minimizar os transtornos.

Mais de 40 agentes de trânsito da SMTT auxiliaram os motoristas, que encontraram semáforos com problema de funcionamento. Foram oito semáforos que ficaram inativos, dos quais seis já haviam sido consertados até o meio dia. De acordo com o assessor de Comunicação do órgão, Nivaldo Cândido, a falha ocorre geralmente por queda de energia. "Desde as primeiras horas os agentes saíram às ruas com o objetivo de dar fluidez no trânsito. Foram registradas algumas pequenas colisões, mas nada com gravidade", informou.

Já o diretor de Operações da Emurb, Alberto Nascimento, ressaltou a retirada do lixo que obstruía um bueiro na avenida José Olino, causando o alagamento das duas pistas e obrigando os motoristas a trafegarem na contramão. "Retiramos um balde, três portas de armário e o que parece ser uma piscina ou boia de plástico que estavam fechando completamente a boca-de-lobo. Todo esse material foi trazido pela chuva de um ponto de depósito de lixo irregular", contou o diretor, acrescentando que o lixo jogado pelo cidadão em muitos locais próximos a bueiros e sarjetas é uma das origens dos alagamentos das ruas da cidade sempre que chove.

Outra causa destes transtornos é a falta de manutenção preventiva, que deveria ter sido realizada nos meses anteriores em canais e redes fluviais pela cidade, evitando tais consequências. As equipes da Emurb atuaram também em outras vias, como a rua Acre em toda a sua extensão e Celso Oliva, atendendo os chamados mais urgentes dos cidadãos.

Árvores caídas

O mesmo problema também ocorre com a falta de poda preventiva de árvores, que não ocorre desde meados do ano passado, quando o contrato com a empresa responsável pelo serviço deixou de ser renovado. Somente nesta segunda-feira foram seis ocorrências de árvores caídas, segundo o assessor de Comunicação da Emsurb, Augusto Aranha.

"Estamos com equipe própria da empresa realizando o serviço de retiradas das árvores, algumas delas inclusive estavam impedindo a saída dos carros. E além disso, estamos negociando com a empresa para retornar o contrato e o serviço de poda das árvores o mais rápido possível", contou. Ele acrescentou que as solicitações podem ser repassadas pelas redes sociais da Emsurb.

Defesa Civil

A Defesa Civil de Aracaju também está monitorando os eventuais transtornos gerados pela chuva na capital. O coordenador, tenente-coronel Gilfran Mateus, disse que o órgão está em alerta, atuando em parceria com a Defesa Civil Estadual e com o Ciosp, para detectar as situações de risco e evitar os eventos adversos. De acordo com ele, na manhã desta segunda-feira, apenas uma ocorrência foi registrada, derivada de um caso que já havia sido notificado em 2015, mas para o qual a gestão anterior não tomou nenhuma providência. Recém-anunciado para o cargo, o tenente-coronel Mateus explica que encontrou a Defesa Civil Municipal desestruturada, mas que está tomando as providências necessárias, contando com o apoio do prefeito Edvaldo Nogueira, para que, em breve prazo, a instituição retorne à plena atuação.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247