Presa quadrilha que explodiu agência da Caixa na zona sul da capital

Uma operação do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) prendeu uma quadrilha envolvida em vários assaltos a bancos no Piauí e Maranhão; o grupo explodiu as agências da Caixa Econômica Federal na Avenida Barão de Gurgueia, na zona Sul de Teresina, e na Avenida Presidente Medici, no Centro de Timon (MA), que resultou na morte de um morador de rua; alguns foram presos em uma casa no bairro Torquato Neto, zona Sul, onde também foram apreendidos vários explosivos, dinheiro, armas, munições e veículos

Uma operação do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) prendeu uma quadrilha envolvida em vários assaltos a bancos no Piauí e Maranhão; o grupo explodiu as agências da Caixa Econômica Federal na Avenida Barão de Gurgueia, na zona Sul de Teresina, e na Avenida Presidente Medici, no Centro de Timon (MA), que resultou na morte de um morador de rua; alguns foram presos em uma casa no bairro Torquato Neto, zona Sul, onde também foram apreendidos vários explosivos, dinheiro, armas, munições e veículos
Uma operação do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) prendeu uma quadrilha envolvida em vários assaltos a bancos no Piauí e Maranhão; o grupo explodiu as agências da Caixa Econômica Federal na Avenida Barão de Gurgueia, na zona Sul de Teresina, e na Avenida Presidente Medici, no Centro de Timon (MA), que resultou na morte de um morador de rua; alguns foram presos em uma casa no bairro Torquato Neto, zona Sul, onde também foram apreendidos vários explosivos, dinheiro, armas, munições e veículos (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

No Piauí Hoje - Uma operação do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) prendeu, na noite de terça-feira (19), uma quadrilha envolvida em vários assaltos a bancos no Piauí e Maranhão. O grupo explodiu as agências da Caixa Econômica Federal na Avenida Barão de Gurgueia, na zona Sul de Teresina, e na Avenida Presidente Medici, no Centro de Timon (MA), que resultou na morte de um morador de rua.

Alguns foram presos em uma casa no bairro Torquato Neto, zona Sul, onde também foram apreendidos vários explosivos, dinheiro, armas, munições e veículos.

A Polícia chegou aos presos através de informações repassadas por populares. Segundo o delegado Gustavo Jung, do Greco, o grupo estava voltando de uma explosão de banco no Maranhão. “

Ao todo foram presas sete pessoas identificadas como Antônio Sousa Silva (vulgo Nego Teixeira), Cássio Magno Melo Duarte, Claudio Silvano de Oliveira Lopes de Miranda, Darlene de Oliveira Lopes Miranda de Aguiar, Diego Henrique da Silva Moura, Júlio César Ferreira Filho e Warlon Thierry de Sousa Pinto.

Fonte: SSP

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247