Presidente do PT defende reeleição “de quem tem direito"

O presidente do Partido dos Trabalhadores no Piauí, deputado federal Assis Carvalho, disse que não é contra a candidatura de ninguém, apenas "é a favor da reeleição de quem tem direito"; declaração é uma referência à vice-governadora Margarete Coelho (PP), considerada uma aliada que soma nas eleições de 2018 pelo conhecimento, respaldo político e trânsito entre os partidos, segundo relato no Piauí Hoje

O presidente do Partido dos Trabalhadores no Piauí, deputado federal Assis Carvalho, disse que não é contra a candidatura de ninguém, apenas "é a favor da reeleição de quem tem direito"; declaração é uma referência à vice-governadora Margarete Coelho (PP), considerada uma aliada que soma nas eleições de 2018 pelo conhecimento, respaldo político e trânsito entre os partidos, segundo relato no Piauí Hoje
O presidente do Partido dos Trabalhadores no Piauí, deputado federal Assis Carvalho, disse que não é contra a candidatura de ninguém, apenas "é a favor da reeleição de quem tem direito"; declaração é uma referência à vice-governadora Margarete Coelho (PP), considerada uma aliada que soma nas eleições de 2018 pelo conhecimento, respaldo político e trânsito entre os partidos, segundo relato no Piauí Hoje (Foto: Voney Malta)

Paulo Pincel/Piauí Hoje –O presidente do Partido dos Trabalhadores no Piauí, deputado federal Assis Carvalho, disse que não é contra a candidatura de Themístocles Filho (PMDB) e nem de ninguém, apenas "é a favor da reeleição de quem tem direito", referindo-se à vice-governadora Margarete Coelho (PP), que ele considera uma aliada que soma nas eleições de 2018, pelo conhecimento, respaldo político e excelente trânsito entre os partidos.

"Em 2010 nós fomos para oposição no governo Wilson Martins e em 2014 conseguimos unir forças para eleger o governador Wellington Dias. Vamos colocar todas essas questões na mesa e se tiverem argumentos plausíveis que se mude. Não tenho nada contra ninguém", garantiu o deputado.

Assis Carvalho continua incisivo nas críticas ao presidente Michel Temer, que ele acusa de proporuma reforma da previdência para ajudar banqueiro e viabilizar a previdência privada. "Não tem amenor possibilidade de Assis ficar calado. O governador Wellington Dias é político republicano querespeita os posicionamentos dos outros", crê.

Segundo o deputado, um governo que não é republicando faz o que Temer tem feito, "como acabar com o Programa de Aquisição de Alimentos no Piauí, que beneficiava a agricultura familiar. [...]Todos os recursos que o governo Temer tem agora é para pagar agiota. E ele (Temer) tá passando a conta para nós. Aumenta o preço do gás, da gasolina, da energia"

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247