CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Presos rebelados jogam detentos do telhado em MG

Detentos rebelados no Presídio de Governador Valadares, no Rio Doce, atiraram do telhado da unidade cinco presos que estavam em área de isolamento, o chamado seguro. As vítimas foram encaminhadas a um hospital, de acordo com a Secretaria de Defesa Social (Seds); não há informações sobre a gravidade dos ferimentos nem se houve mortes.

Imagem Thumbnail
Detentos rebelados no Presídio de Governador Valadares, no Rio Doce, atiraram do telhado da unidade cinco presos que estavam em área de isolamento, o chamado seguro. As vítimas foram encaminhadas a um hospital, de acordo com a Secretaria de Defesa Social (Seds); não há informações sobre a gravidade dos ferimentos nem se houve mortes. (Foto: Leonardo Lucena)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Minas 247 - Detentos rebelados no Presídio de Governador Valadares, no Rio Doce, atiraram do telhado da unidade, na tarde deste sábado (5), cinco presos que estavam em área de isolamento, o chamado seguro. As vítimas foram encaminhadas a um hospital, de acordo com a Secretaria de Defesa Social (Seds). Não há informações sobre a gravidade dos ferimentos nem se houve mortes.

Os internos estão rebelados desde o início da manhã deste sábado, e, segundo a Polícia Militar, os detentos dos blocos B e D iniciaram um motim durante o horário de visita, com a quebra das grades das celas. Quatro pavilhões da unidade estão com quase o triplo da capacidade. A Seds informou que o presídio abriga aproximadamente 800 presos, mas tem capacidade para apenas 290 detentos.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A PM informou que não há como saber quantas pessoas são mantidas reféns. De acordo com a Seds, os presos dos blocos B e D também dominaram outros dois pavilhões. A área administrativa também foi invadida, com ações de destruição do mobiliários e de outros pertences do local.

O juiz de Execuções Penais de Governador Valadares, Tiago Counago Cabral, compareceu ao local e prometeu aos presidiários analisar, ainda neste sábado, a situação dos detentos. Mais cedo, os internos haviam reivindicado a presença do juiz como condição para negociarem o fim da rebelião.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

 

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO