Pressionada, ministra Ana barra R$ 7 mil para Chico

Irm de Chico age como mulher de Csar: no basta ser honesta, tem de parecer honesta; escritor consagrado, livro dele obteve verba para traduo ao francs; editoras concorrentes estrilaram pelo fato de ela ser ela e ele ser ele; ministra cortou repasse e jogou caso para Comisso de tica; clima persecutrio de Braslia foi determinante

Pressionada, ministra Ana barra R$ 7 mil para Chico
Pressionada, ministra Ana barra R$ 7 mil para Chico (Foto: DIVULGAÇÃO)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O romance “Leite Derramado”, de Chico Buarque, foi selecionado pela Fundação Biblioteca Nacional para receber tradução financiada pelo Ministério da Cultura. O apoio de R$ 7 mil seria entregue à editora francesa Gallimard, mas provocou polêmica entre as editoras brasileiras o fato de Chico Buarque ser irmão da ministra da Cultura, Ana de Hollanda, que, embora não tenha participado da decisão, optou por suspendê-la. O caso deve ser estudado agora pela Comissão de Ética da Presidência.

O edital do Programa de Apoio à Tradução e Publicação de Autores Brasileiros no Exterior foi lançado no dia 8 de julho de 2011 e estabelece, entre os critérios de seleção, a relevância de autor e da obra a ser traduzida, consistência da proposta e a qualidade do catálogo editorial da editora proponente, currículo do tradutor e importância da publicação da obra para a promoção e divulgação da literatura brasileira no exterior. O valor do subsídio é estabelecido de acordo com a complexidade da linguagem utilizada e o volume do texto.

A iniciativa da Biblioteca Nacional para divulgar a literatura brasileira já traduziu diversos autores como Moacyr Scliar, na Alemanha, Edney Silvestre, na Holanda, Lima Barreto, na Espanha, e até o livro Tropa de Elite 2, que terá versão em francês. O orçamento previsto para o edital de julho é de R$ 2,7 milhões e 28 obras já foram contempladas.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email