PrevNordeste será criada em outubro deste ano

O plano de previdência complementar unificado, reunindo todos os servidores públicos dos Estados do Nordeste - a PrevNordeste – vai ser criado agora em outubro; foi o que ficou acertado entre os governadores do Piauí, Wellington Dias, e da Bahia, Rui Costa, em Salvador, em reunião da qual participaram os gestores da previdência dos dois estados; o Piauí, que já tem pronto uma Mensagem a ser enviada à Assembleia Legislaativa, criando a previdência complementar unificada, quer ser o primeiro estado a aderir ao PrevNordeste, que vai seguir o modelo adotado pelo Governo da Bahia, pioneiro na região na criação da previdência complementar

O plano de previdência complementar unificado, reunindo todos os servidores públicos dos Estados do Nordeste - a PrevNordeste – vai ser criado agora em outubro; foi o que ficou acertado entre os governadores do Piauí, Wellington Dias, e da Bahia, Rui Costa, em Salvador, em reunião da qual participaram os gestores da previdência dos dois estados; o Piauí, que já tem pronto uma Mensagem a ser enviada à Assembleia Legislaativa, criando a previdência complementar unificada, quer ser o primeiro estado a aderir ao PrevNordeste, que vai seguir o modelo adotado pelo Governo da Bahia, pioneiro na região na criação da previdência complementar
O plano de previdência complementar unificado, reunindo todos os servidores públicos dos Estados do Nordeste - a PrevNordeste – vai ser criado agora em outubro; foi o que ficou acertado entre os governadores do Piauí, Wellington Dias, e da Bahia, Rui Costa, em Salvador, em reunião da qual participaram os gestores da previdência dos dois estados; o Piauí, que já tem pronto uma Mensagem a ser enviada à Assembleia Legislaativa, criando a previdência complementar unificada, quer ser o primeiro estado a aderir ao PrevNordeste, que vai seguir o modelo adotado pelo Governo da Bahia, pioneiro na região na criação da previdência complementar (Foto: Leonardo Lucena)

No Piauí Hoje - O plano de previdência complementar unificado, reunindo todos os servidores públicos dos Estados do Nordeste - a PrevNordeste – vai ser criado agora em outubro. Foi o que ficou acertado entre os governadores do Piauí, Wellington Dias, e da Bahia, Rui Costa, em Salvador, em reunião da qual participaram os gestores da previdência dos dois estados.

O Piauí, que já tem pronto uma Mensagem a ser enviada à Assembleia Legislaativa, criando a previdência complementar unificada, quer ser o primeiro estado a aderir ao PrevNordeste, que vai seguir o modelo adotado pelo Governo da Bahia, pioneiro na região na criação da previdência complementar, que é realidade em São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, estados que já implantaram a previdência complementar para servidores estaduais.

Uma nova reunião, agora com o Fórum de Governadores do Nordeste, na primeira quinzena de setembro, vai bater o martelo sobre o início das atividades do plano de previdência complementar unificado, a PrevNordeste.

O governador Wellington Dias explicou que será cumprido à risca o cronograma aprovado em reunião do Fórum de Governadores do Nordeste, realizada no dia 11 de maio deste ano, em Salvador. E que a PrevNordeste já tem data para começar a operar.

“Já em outubro [a PrevNordeste] poderá entrar em atividade. Será convocada uma [nova] reunião do Fórum dos Governadores, na qual vamos ter a aprovação de um protocolo em que os Estados se comprometem com esse projeto".

A PrevNordeste, acrescentou Wellington Dias, nasce com a força e a perseverança do povo nordestino. A mesma opinião tem o governador da Bahia. “Será uma previdência mais forte, em que os custos administrativos podem ser rateados, o que a torna mais barata para todos os estados. A nossa meta é que até o mês de outubro, todos os estados tenham a sua legislação ajustada. Com isso, o Nordeste sai fortalecido ", crê Rui Falcão.

"O servidor vai dispor de uma previdência com estabilidade, sem riscos que nós observamos. Em vários lugares aposentados e pensionistas estão tendo problemas em receber salário. Por outro lado, ela vai permitir, inclusive, que o servidor possa planejar com quanto quer se aposentar. Você faz o seu plano e a partir daí se tem a definição dos valores de mensalidade e outros detalhes”, adiantou Costa.

Fonte: Redação/CCom

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247