PRF: ônibus bolivianos entraram legalmente

Polícia Rodoviária Federal afirmou que os três ônibus vindos da Bolívia e que foram abordados ontem em Goiânia estão em situação legal; agentes dizem que o grupo tem autorização de viagem só até Goiânia; veículos também foram abordados pela polícia quando estavam dentro da Capital, atrapalhando o trânsito; alguns integrantes da caravana afirmaram que o grupo iria até Brasília para participar da manifestação contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT)

Polícia Rodoviária Federal afirmou que os três ônibus vindos da Bolívia e que foram abordados ontem em Goiânia estão em situação legal; agentes dizem que o grupo tem autorização de viagem só até Goiânia; veículos também foram abordados pela polícia quando estavam dentro da Capital, atrapalhando o trânsito; alguns integrantes da caravana afirmaram que o grupo iria até Brasília para participar da manifestação contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT)
Polícia Rodoviária Federal afirmou que os três ônibus vindos da Bolívia e que foram abordados ontem em Goiânia estão em situação legal; agentes dizem que o grupo tem autorização de viagem só até Goiânia; veículos também foram abordados pela polícia quando estavam dentro da Capital, atrapalhando o trânsito; alguns integrantes da caravana afirmaram que o grupo iria até Brasília para participar da manifestação contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - A Polícia Rodoviária Federal afirmou que os três ônibus vindos da Bolívia e que foram abordados ontem em Goiânia estão em situação legal. Os agentes dizem que o grupo tem autorização de viagem só até Goiânia. 

Os veículos também foram abordados pela polícia quando estavam dentro da Capital, atrapalhando o trânsito. Alguns integrantes da caravana afirmaram que o grupo iria até Brasília para participar da manifestação contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

Outra versão, no entanto, diz que os bolivianos participariam de um congresso imobiliário na capital goiana. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247