Primeiro Centro de Inteligência da PF será lançado nesta quinta-feira

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), informou nesta terça-feira (13) que o Centro Regional de Inteligência da Polícia Federal, o primeiro do País, será lançado na quinta-feira (15), no Ceará. O objetivo é investigar e enfrentar a atuação de facções criminosas no Nordeste. “Só combateremos o crime com investigação e inteligência verdadeira. Os julgamentos feitos não chegam a 8% dos crimes esclarecidos. Quem vai esclarecer mais é a inteligência integrada”, analisou

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), informou nesta terça-feira (13) que o Centro Regional de Inteligência da Polícia Federal, o primeiro do País, será lançado na quinta-feira (15), no Ceará. O objetivo é investigar e enfrentar a atuação de facções criminosas no Nordeste. “Só combateremos o crime com investigação e inteligência verdadeira. Os julgamentos feitos não chegam a 8% dos crimes esclarecidos. Quem vai esclarecer mais é a inteligência integrada”, analisou
O presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), informou nesta terça-feira (13) que o Centro Regional de Inteligência da Polícia Federal, o primeiro do País, será lançado na quinta-feira (15), no Ceará. O objetivo é investigar e enfrentar a atuação de facções criminosas no Nordeste. “Só combateremos o crime com investigação e inteligência verdadeira. Os julgamentos feitos não chegam a 8% dos crimes esclarecidos. Quem vai esclarecer mais é a inteligência integrada”, analisou (Foto: Rodrigo Rocha)

Agência Senado - O presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), afirmou nesta terça-feira (13) que o primeiro Centro de Inteligência do Brasil vai ser lançado nesta quinta-feira (15). O Centro Regional de Inteligência da Polícia Federal vai ser instalado no Ceará. O objetivo é investigar e combater atuação de facções criminosas no Nordeste.

“Só combateremos o crime com investigação e inteligência verdadeira. Os julgamentos feitos não chegam a 8% dos crimes esclarecidos. Quem vai esclarecer mais é a inteligência integrada. Eu só acredito no combate à violência por meio da inteligência, da informação e da organização do estado. Pura e simplesmente armar o cidadão, aumentar penas, eu acho, na minha humilde visão, que isso não é o fundamental. O fundamental é esclarecermos os crimes que temos no Brasil e que não são esclarecidos”, analisou Eunício.

A instalação de forças de Inteligência da Polícia Federal é um pedido de governadores do Nordeste devido ao crescimento da atuação de facções criminosas na região. Os governadores foram unânimes na escolha do Ceará como sede do Centro devido à posição geográfica do estado, que fica no centro da região.

“Nós conseguimos que todos os governadores do Nordeste assinassem um documento de concordância de que o Centro de Inteligência fosse  no Ceará, pois é o estado mais estratégico no ponto de vista de passagem por conta do tráfico drogas e de armas”, explicou Eunício.

Questionado sobre como será o funcionamento do Centro, Eunício disse que a informação é sigilosa. “A estrutura, a dimensão e os equipamentos são sigilosos. Talvez na próxima semana estejam em funcionamento. Eu não posso adiantar porque um centro de inteligência é um centro de inteligência. Ninguém entra nele”, finalizou Eunício.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247