Primeiro mutirão de processos relativos a entorpecentes começa em agosto

O evento é uma iniciativa da Presidência do Judiciário estadual e da Corregedoria Geral da Justiça para agilizar o andamento processual nas duas varas de entorpecentes participantes

Primeiro mutirão de processos relativos a entorpecentes começa em agosto
Primeiro mutirão de processos relativos a entorpecentes começa em agosto (Foto: Divulgação)

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) vai promover o primeiro mutirão de instrução e julgamento dos processos em curso nas 1ª e 2ª Varas de Entorpecentes da Capital. No total, 256 processos serão levados à audiência, nos dias 1º, 2 e 3 de agosto, no Fórum Des. Rodolfo Aureliano, na Ilha Joana Bezerra.

O evento é uma iniciativa da Presidência do Judiciário estadual e da Corregedoria Geral da Justiça para agilizar o andamento processual nas duas varas de entorpecentes participantes. O Tribunal terá como parceiros, no mutirão, o Ministério Público, a Defensoria Pública e a Ordem dos Advogados do Brasil.

Cerca de 80 audiências serão realizadas por dia em 30 salas instaladas no hall monumental do fórum, localizado no primeiro andar do prédio. O hall ficará isolado e terá acesso restrito durante o evento. Mais duas salas funcionarão no segundo andar e também realizarão audiências.

Foram selecionados para o mutirão 120 processos da 1ª vara e 136 da 2ª vara. As unidades possuem, respectivamente, 2.184 e 1.451 ações em tramitação no seu acervo.

A coordenação do evento será realizada pelo juiz titular da 2ª Vara de Entorpecentes, Evanildo Coelho de Araújo Filho. Também vão participar do mutirão, realizando audiências de instrução e julgamento, os juízes Aubry de Lima Barros Filho (titular da 1ª Vara de Entorpecentes) e Eduardo Costa (substituto da 1ª Vara de Entorpecentes) e mais 34 novos magistrados do Judiciário estadual recém aprovados em concurso público.


Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247