Procon inicia mutirão de renegociação de dívidas com bancos

Começou nesta segunda-feira (26) e vai até quinta (29) o mutirão promovido promovido pelo Procon da Assembleia Legislativa para consumidores interessados em renegociar dívidas com bancos. Estão previstas 60 audiências por dia, com acompanhamento de um advogado, que irá analisar as propostas das instituições

Começou nesta segunda-feira (26) e vai até quinta (29) o mutirão promovido promovido pelo Procon da Assembleia Legislativa para consumidores interessados em renegociar dívidas com bancos. Estão previstas 60 audiências por dia, com acompanhamento de um advogado, que irá analisar as propostas das instituições
Começou nesta segunda-feira (26) e vai até quinta (29) o mutirão promovido promovido pelo Procon da Assembleia Legislativa para consumidores interessados em renegociar dívidas com bancos. Estão previstas 60 audiências por dia, com acompanhamento de um advogado, que irá analisar as propostas das instituições (Foto: Rodrigo Rocha)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará247 - O Procon da Assembleia Legislativa iniciou, nesta segunda-feira (26/10), o mutirão de negociação presencial entre os consumidores interessados em renegociar dívidas com instituições bancárias. Os encontros ocorrem até a próxima quinta-feira (29/10), a partir das 8h30, encerrando-se às 16h30.

De acordo com a coordenadora geral do Procon-AL, Anna Waleria Sampaio, estão previstas 60 audiências por dia durante os quatro dias. Cada audiência terá o acompanhamento de um advogado do Procon-AL, que irá analisar as propostas dos bancos. Segundo ela, o órgão de defesa do consumidor vai atender 220 pessoas durante o mutirão.

Conforme Anna Waléria, o funcionamento do Procon ocorrerá normalmente para outros atendimentos e até mesmo para os que ficaram de fora do período estabelecido para fazer registro da reclamação. "Ninguém vai parar o atendimento de novas reclamações. O fato das audiências estarem ocorrendo não impede que o consumidor que não teve a oportunidade de abrir (ocorrência) no dia que a gente agendou, de vir ao Procon e registrar sua reclamação referente a sua renegociação de dívida. Essas audiências serão marcadas para um outro período", informou.

Os que ficaram de fora do prazo deverão ir ao Procon-AL e portar cópias do RG, CPF, comprovante de endereço e das faturas, carnês, extratos ou contratos a serem questionados.

Os pedidos de renegociação foram protocolados no Procon-AL no início de outubro (entre os dias 5 e 9) e encaminhados para os bancos, que tiveram até 10 dias para analisar a demanda.

A coordenadora geral do Procon-AL explicou que o objetivo das audiências é tentar renegociar com as melhores condições de parcelamento e prazos. A proposta, conforme ela, é uma oportunidade para que os consumidores possam tirar seu nome do SPC ou Serasa e diminuir o superendividamento.

Caso o consumidor não entre em acordo, a reclamação será registrada no Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), que poderá gerar processos contra as instituições bancárias.

O Procon AL está localizado no edifício José Euclides Ferreira Gomes (anexo II) da Assembleia Legislativa, na rua Barbosa de Freitas, esquina com a avenida Pontes Vieira.

(Informações da Assembleia Legislativa)

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247