Procon-PE apertará o cerco contra postos

Órgão de fiscalização celebrou convênio com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustível (ANP) para fiscalizar esse tipo de empreendimento em todo o Estado

Procon-PE apertará o cerco contra postos
Procon-PE apertará o cerco contra postos (Foto: Shutterstock)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Leonardo Lucena_PE247 – O Procon de Pernambuco assinou hoje (16) convênio com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustível (ANP), com o objetivo de fiscalizar em todo o Estado a qualidade da gasolina nos postos de combustíveis. A iniciativa é pioneira no Brasil e a previsão é de que este trabalho seja colocado em prática em até 30 dias.

Segundo o coordenador geral do Procon-PE, José Rangel, o órgão vem recebendo denúncias há um bom tempo sobre a qualidade da gasolina. “Vamos trabalhar de forma conjunta com o Ministério Público (MPPE) e fazer este mapeamento para que haja melhor prestação de serviços nos postos”, explicou.

A ANP dispõe de um laboratório na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), que servirá como espaço para a análise da qualidade da gasolina. O órgão também fará a qualificação de 30 técnicos do Procon-PE, inicialmente, num prazo de 20 dias, segundo Rangel.

”Não queremos de forma alguma fechar postos de gasolina. Mas, caso haja indícios de má prestação de serviço, vamos decidir que tipo de punição será tomada de acordo com a irregularidade verificada”, completou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email