Procuradores espanhóis acusam Mourinho de fraude fiscal

Técnico do Manchester United, José Mourinho, deve às autoridades tributárias espanholas 3,3 milhões de euros, disse a Procuradoria de Madri em comunicado, acrescentando que apresentou denúncia a um tribunal local

Técnico do Manchester United, José Mourinho, durante coletiva de imprensa na Suécia. 24/05/2017 TT News Agency/Pontus Lundahl/via REUTERS
Técnico do Manchester United, José Mourinho, durante coletiva de imprensa na Suécia. 24/05/2017 TT News Agency/Pontus Lundahl/via REUTERS (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

MADRI (Reuters) - Procuradores espanhóis anunciaram nesta terça-feira a abertura de uma ação contra o técnico do Manchester United, José Mourinho, por duas acusações de fraude fiscal em 2011 e 2012, quando o treinador português comandava o Real Madrid.

Mourinho deve às autoridades tributárias espanholas 3,3 milhões de euros, disse a Procuradoria de Madri em comunicado, acrescentando que apresentou denúncia a um tribunal local.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247