Procuram-se ideias geniais

Na competio Batalha de Conceitos, grandes empresas desafiam jovens talentos e premiam os melhores em dinheiro

Procuram-se ideias geniais
Procuram-se ideias geniais (Foto: Shutterstock)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Luciane Macedo _247 - Que tal ganhar dinheiro com suas ideias e ser descoberto por grandes empresas? Se você é um jovem profissional com formação universitária, ou estudante de qualquer curso de graduação, e tem até 30 anos, então a Battle of Concepts Brasil (Batalha de Conceitos ou, simplesmente, BoC) pode lhe render prêmios em dinheiro e uma grande oportunidade de inserção no mercado. Trata-se de uma disputa online, na qual jovens de vários Estados competem entre si apresentando suas melhores ideias e soluções aos desafios propostos por grandes empresas, entre elas Natura, Postos Ipiranga e Tecnisa. A competição, originalmente criada na Holanda e trazida ao Brasil por Hans van Hellemondt, já distribuiu R$ 219 mil em prêmios por aqui. O propósito é reunir empresas, estudantes e jovens profissionais com um objetivo em comum: estimular a inovação em uma plataforma aberta de compartilhamento de ideias. A próxima batalha será proposta pelo Bradesco.

O mais recente desafio online, da Danone, tem inscrições abertas até 14 de fevereiro de 2012. "Como atrair pessoas para a gôndola de iogurte"? O prêmio para as melhores estratégias é de R$ 15 mil. É a primeira vez que a Danone participa da Battle of Concepts Brasil e recorre à ideia de open innovation. O desafio proposto surgiu de uma pesquisa da empresa que constatou que apenas 30% dos consumidores de supermercados chegam até as gôndolas dos produtos lácteos frescos.

"As ideias dos participantes devem ajudar a Danone a reinventar a conexão estabelecida com os consumidores no ponto de venda, pois acreditamos que há um potencial muito grande a ser explorado de forma criativa", diz César Tavares, gerente de Inovação em Marketing da Danone. "Se, até agora, inovar era uma missão de cada um dos nossos colaboradores, ao aderir à BoC, a Danone compartilha a meta com o público brasileiro". Aos participantes que aceitarem o desafio, Tavares adianta: "As ideias propostas serão avaliadas segundo critérios como inovação, criatividade, adequação ao desafio e viabilidade de implantação". O vencedor da batalha da Danone também será convidado a visitar a empresa e a integrar em um fórum de discussão para o desenvolvimento da solução.

(clique para ampliar)

A Natura finalizou recentemente sua segunda batalha na BoC e os vencedores serão anunciados oficialmente nos próximos dias. "Acreditamos no modelo de inovação aberta e apostamos no empreendedorismo dos estudantes, que estão fundamentalmente em contato com os assuntos do mundo e possuem uma inquietude positiva pelo aprendizado, crescimento e desenvolvimento no mundo corporativo", comenta Cristiane Calvo, gerente de Ciência e Tecnologia da Natura. A empresa decidiu premiar as vinte melhores soluções apresentadas ao seu desafio deste ano, com R$ 5 mil para o primeiro lugar. Em sua participação inicial na BoC, no ano passado, mais de cem ideias foram apresentadas. "Superou nossas expectativas", diz Cristiane. "Recebemos soluções de estudantes de várias áreas de conhecimento".

Para as empresas participantes, a ideia de inovação aberta da BoC é uma via alternativa a ações de recrutamento e branding e também para buscar soluções, em plataforma aberta, para problemas reais enfrentados dentro das corporações.

O site da Battle of Concepts Brasil tem sempre uma batalha no ar, e elas podem durar entre um e vários meses. A participação é gratuita.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email