CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Profissionais de Ed. Física recebem capacitação para portadores de HIV/AIDS

Funcionrios das Academias da Cidade do Recife passam por capacitao nesta sexta (4) e no sbado (5) para lidar com portadores do vrus; objetivo conscientizar populao e quebrar preconceitos

Profissionais de Ed. Física recebem capacitação para portadores de HIV/AIDS (Foto: Ivanildo Francisco/PCR)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Raphael Coutinho _PE247 – Profissionais da Prefeitura do Recife que atuam em unidades da Academia da Cidade participam nesta sexta-feira (4) e no próximo sábado (5) da segunda etapa de uma capacitação sobre como lidar com portadores do vírus HIV/Aids. A ideia é conscientizar os participantes para a multiplicação do conhecimento sobre a doença, além de minimizar preconceitos. Também é uma maneira de fazer com que os portadores realizem exercícios físicos com regularidade, beneficiando a qualidade de vida.

A programação contou com distribuição de material informativo e palestras. Na avaliação do coordenador Municipal de DST/Aids e Hepatite Viral, Acioli Neto, a prática de atividades físicas é essencial para os portadores da doença. “Hoje nós sabemos que essas pessoas têm uma sobrevida maior, um tempo de vida ampliado, e podem realizar atividades normais. Elas já têm um acompanhamento de profissionais de assistência social, clínicos, e o educador físico também tem que trabalhar com esses portadores, pois, eles precisam desse pilar. Muitos apresentam altas taxas de colesterol e sobrepeso, e essa oficina tem esse objetivo: contribuir com mais um arsenal contra a doença”, disse.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Já a coordenadora geral do programa Academia da Cidade, Janine Barros, falou do que foi tratado no encontro e os esclarecimentos dados aos profissionais. “Um dos pontos principais dos debates é a sensibilização das pessoas para que elas possam compreender melhor a doença e minimizar preconceitos e tentar acabar com estigmas e estereótipos. A gente precisa tirar do senso comum essa ideia de que o HIV/Aids pode ser adquirido com um abraço, ou através do uso dos colchonetes de exercícios, precisamos derrubar esse muro que a própria sociedade construiu”, explicou.

 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO