Projetos de mobilidade urbana somam R$ 6,4 bi

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, e o prefeito do Recife, Geraldo Júlio, ambos do PSB, pleitearam juntos aos ministérios das Cidades e do Planejamento um montante entre R$ 4 bilhões e R$ 6,4 bilhões destinado a melhorar o trânsito da capital pernambucana; a verba solicitada integra um pacote do Governo Federal de R$ 50 bilhões que será investido em obras de mobilidade urbana e melhoria da qualidade do transporte público em todo o País

Projetos de mobilidade urbana somam R$ 6,4 bi
Projetos de mobilidade urbana somam R$ 6,4 bi

PE247 – O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, e o prefeito do Recife, Geraldo Júlio, ambos do PSB, pleitearam, nesta quarta-feira (10), junto aos ministérios das Cidades e do Planejamento um montante entre R$ 4 bilhões e R$ 6,4 bilhões. A verba a ser aplicada integra um pacote de R$ 50 bilhões que será investido em obras de mobilidade urbana e melhoria da qualidade do transporte público, anunciado pela presidente Dilma Rousseff (PT), no último dia 24.

“Nós temos condição de colocar em obra todas essas propostas até o primeiro semestre do próximo ano, em algumas inclusive podemos ter obra ainda no segundo semestre de 2013, o que é muito importante. Esse momento é uma ação fundamental, em que Governo Federal, Estados e municípios somam esforços para responder pelos investimentos rápidos para a melhoria da qualidade do transporte urbano de passageiros”, disse Campos.

Dentre as obras apresentadas durante a reunião com os ministros Aguinaldo Ribeiro (Cidades) e Miriam Belchior (Planejamento), o projeto que demanda o maior volume de recursos é o da Avenida Norte, sendo R$ 4,1 bilhões para a implantação de um metrô ou de R$ 2,1 bilhões para a construção de um monotrilho. “Pode ser um ramal do metrô, pode ser uma linha de monotrilho. Estamos dando alternativas para ajudar o Governo Federal a definir prioridades realmente impactantes para a qualidade de vida da população”, afirmou o governador.

A obra na Avenida Norte será executada por meio da uma parceria entre o Governo Estadual e a Prefeitura do Recife (PCR), bem como no Corredor Fluvial Sul, para estimular o transporte de passageiros pelo Rio Capibaribe, e na integração dos corredores Norte/Sul e Leste/Oeste. Segundo o Blog da Folha, foram pleiteados R$ 172 milhões para serem aplicados nestas duas últimas obras.

O governo também pede recursos para a construção de 8,6 quilômetros (km) de um Veículo Leve sobre Trilho (VLT) no Centro do Recife (R$ 1 bilhão) e na Avenida Conselheiro Aguiar, na Zona Sul da Capital (R$ 1 bi). Também haverá investimentos na implantação Bus Rapid Transit (BRT) nas Avenidas Abdias de Carvalho, na Zona Oeste (5,5 km orçado em R$ 5,5 milhões), Mascarenhas de Moraes, na Zona Sul (8 km/R$ 8 milhões), Domingos Ferreira, também na Zona Sul (11,5 km/R$11,5 milhões), Beberibe, Zona Norte (3,5 km/R$ 3,4 milhões). Outras ações complementares, referentes à recuperação de pavimentos, estão orçadas em R$ 67,2 milhões.

Mas não é apenas no Recife que o governo pretende investir. Em Caruaru, principal município do Agreste pernambucano, a ideia é empregar R$ 187 milhões na criação de um BRT, e de um VLT em Petrolina, maior economia do Sertão, cujo orçamento é de R$ 85 milhões.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247