Promotor envia carta ao papa Francisco para denunciar padre

O promotor de Justiça Fernando Krebs enviou um ofício-carta ao papa Francisco para comunicar o líder da Igreja Católica que, em Goiás, o padre Luiz Augusto está sendo investigado porque é acusado de ser funcionário fantasma da Assembleia Legislativa há mais de 20 anos; Krebs é o responsável pela inquérito civil público contra Luiz Augusto; ao longo de anos, o religioso recebeu salário da Assembleia, mas devido às atividades da igreja não dava expediente

Na Foto promotor de justiça Fernando Krebs. Materia sobre pedido de prisão de Maurucio Sampaio. Editoria de Cidades. Local: Ministerio Publico Estadual, Jardim Goias. Data: 03/06/2014 Foto: Demian Duarte
Na Foto promotor de justiça Fernando Krebs. Materia sobre pedido de prisão de Maurucio Sampaio. Editoria de Cidades. Local: Ministerio Publico Estadual, Jardim Goias. Data: 03/06/2014 Foto: Demian Duarte (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - O promotor de Justiça Fernando Krebs enviou um ofício-carta ao papa Francisco para comunicar o líder da Igreja Católica que, em Goiás, o padre Luiz Augusto está sendo investigado porque é acusado de ser funcionário fantasma da Assembleia Legislativa há mais de 20 anos.

Krebs é o responsável pela inquérito civil público contra Luiz Augusto. Ao longo de anos, o religioso recebeu salário da Assembleia, mas devido às atividades da igreja não dava expediente. O padre se defende dizendo que usou parte do dinheiro para obras sociais.

Abaixo, a carta enviada ao papa pelo promotor Fernando Krebs:

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247