Propaganda na TV promete esquentar debate eleitoral

Programas começaram hoje e seguem até 4 de outubro, três dias antes da realização do primeiro turno; Paulo Garcia (11m32s) e Jovair Arantes (8m23s) terão os maiores tempos de TV; no programa destinado aos candidatos vereador, surgiu a primeira polêmica, com humorista tucano imitando a voz do ex-prefeito Iris Rezende

Propaganda na TV promete esquentar debate eleitoral
Propaganda na TV promete esquentar debate eleitoral (Foto: Edição/247)

Goiás247_ Começou nesta terça-feira a propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão. Nos bastidores políticos de Goiânia há a expectativa que o horário eleitoral, principalmente na TV, esquente o debate entre os candidatos e coloque fogo numa eleição considerada fria até o momento. A propaganda dos candidatos, veiculada no rádio e na televisão, vai até 4 de outubro, três dias antes da realização do primeiro turno.

Nesta terça será veiculada apenas a propaganda dos candidatos a vereador, que também serão veiculadas nas quintas-feiras e nos sábados (das 7h às 7h30 e das 12h às 12h30 no rádio e 13h às 13h30 e das 20h30 às 21h na TV). Os programas dos candidatos a prefeito vão ao ar nas segundas, quartas e sextas-feiras nos mesmos horários previstos para os candidatos a vereador.

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO), o maior tempo no horário eleitoral em Goiânia será da coligação Goiânia Cidade Sustentável, capitaneada pelo prefeito Paulo Garcia (PT), que terá 11 minutos e 32 segundos em cada bloco diário de meia hora. O atual prefeito lidera as pesquisas até agora e aposta na gestão segura que herdou de Iris Rezende (PMDB). No programa de TV, o prefeito poderá explorar a nova Avenida Universitária (Rua 10), o novo Parque Mutirama e a reabertura do Zoológico.

O segundo maior tempo no horário eleitoral é da coligação Goiânia 24 horas, de Jovair Arantes (PTB), com 8 minutos e 23 segundos. A propaganda na TV é a grande aposta do petebista para assumir o segundo lugar nas pesquisas (hoje de Isaura Lemos, do PCdoB) e polarizar de forma definitiva o debate com Paulo Garcia.

Jovair será apresentado como um político do povo e vai se posicionar de fato como o candidato da oposição. E não só opositor a Paulo Garcia, mas o contraponto dos oito anos da atual gestão iniciada por Iris Rezende (PMDB). Jovair e sua equipe de campanha vão explorar aquilo que consideram deficiências da gestão de Garcia, como a saúde, o transporte público e o trânsito.

O vereador Simeyzon Oliveira (PSC) e a coligação “Goiânia: minha cidade, minha família” vai ter 2 minutos e 48 segundos para expor suas propostas e projetos para a Capital. Simeyzon conta com o apoio do DEM, do deputado federal Ronaldo Caiado. Isaura Lemos, que tem como mote de sua candidatura a valorização da mulher, terá apenas 1 minutos e 47 segundos. Na última pesquisa Serpes/O Popular, Isaura manteve o segundo lugar com 8% dos votos.

O deputado estadual Elias Júnior (PMN) terá 1 minuto e 36 segundos, Reinaldo Pantaleão (PSol) fica com apenas 1 minuto e 22 segundos, Rubens Donizetti (PSTU) e José Netho (PPL) terão 1 minuto e 15 segundos cada um para se apresentarem à população.

Paródia

No programa de rádio exibido nesta manhã surgiu a primeira polêmica. Na propaganda destinada à chapa do PSDB, o humorista Delesmano, notório imitador do ex-prefeito Iris Rezende, incorporou o personagem e fez promessas escrachadas, como "asfaltar até ponte de safena" (veja aqui). O advogado Edilberto de Castro Dias, da coligação Goiânia Cidade Sustentável, que inclui PT e PMDB, avisou no microblog Twitter que tomara providência legais contra a paródia: “Iris é filiado ao PMDB, sua imagem e voz não pode ser utilizada por outros partidos, ainda mais de forma pejorativa”, disse em um post.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247