Proposta vai antecipar água do São Francisco a PE

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, assinam nesta segunda-feira (26) um termo de empréstimo de quatro conjuntos de Motobombas e outros equipamentos da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp); as bombas anteciparão a chegada da água do Projeto de Integração do Rio São Francisco aos estados de Pernambuco e Paraíba; as obras estão com 90% de execução física, mas o início da operação está previsto apenas para 2018, conforme anúncio de ANA

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, assinam nesta segunda-feira (26) um termo de empréstimo de quatro conjuntos de Motobombas e outros equipamentos da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp); as bombas anteciparão a chegada da água do Projeto de Integração do Rio São Francisco aos estados de Pernambuco e Paraíba; as obras estão com 90% de execução física, mas o início da operação está previsto apenas para 2018, conforme anúncio de ANA
O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, assinam nesta segunda-feira (26) um termo de empréstimo de quatro conjuntos de Motobombas e outros equipamentos da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp); as bombas anteciparão a chegada da água do Projeto de Integração do Rio São Francisco aos estados de Pernambuco e Paraíba; as obras estão com 90% de execução física, mas o início da operação está previsto apenas para 2018, conforme anúncio de ANA (Foto: Leonardo Lucena)

Pernambuco 247 - O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, assinam nesta segunda-feira (26) um termo de empréstimo de quatro conjuntos de Motobombas e outros equipamentos da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). As bombas anteciparão a chegada da água do Projeto de Integração do Rio São Francisco aos estados de Pernambuco e Paraíba.

Na reta final de conclusão do Projeto de Integração do Rio São Francisco e com ritmo avançado das obras, o governo federal está adotando todas as medidas possíveis para acelerar a entrega da água à população castigada pelo quinto ano seguido de seca.

As obras da transposição estão orçadas em mais de R$ 10,7 bilhões - o orçamento inicial era de R$ 4,5 bilhões. Do orçamento total, R$ 8,3 bilhões já foram gastos. Cerca de 12 milhões pessoas serão beneficiadas em quase 400 municípios dos estados de Pernambuco, Rio Grande do Norte, Paraíba e Ceará. Iniciada em 2007, a obra deveria ter ficado pronta em 2012. As obras estão com 90% de execução física, mas o início da operação está previsto apenas para 2018, conforme anúncio de Agência Nacional de Água (ANA).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247