PSB impede Lula de usar partido em articulações

Governador de pernambucano, Eduardo Campos, nega ter sido consultado pelo ex-presidente para entrar na chapa do PT para a disputa de 2014 e diz que não é hora para montar palanque e sim para gerar empregos; sigla disfarça pré-campanha individual, mas percorrerá Brasil a partir de abril com o lema “Diálogos do Desenvolvimento”

PSB impede Lula de usar partido em articulações
PSB impede Lula de usar partido em articulações
Siga o Brasil 247 no Google News

247 – O PSB desautorizou o ex-presidente Lula a usar o nome de Eduardo Campos no projeto de reeleição de Dilma Rousseff em 2014. Interlocutores do governador pernambucano deixaram claro que quem cuida da estratégia política do partido é o próprio PSB. Eduardo Campos nunca esteve com a popularidade tão em alta, sendo disputado por Aécio Neves (PSBD) e até por Marina Silva. Como articulador do PT, Lula tem atirado para todos os lados para impedir uma eventual candidatura própria de Campos e quer lançá-lo como vice Dilma, dando uma rasteira no Michel Temer e no PMDB.

O governador chegou a Brasília às 3h30m da madrugada desta quinta-feira para se reunir com colegas da Executiva. Nas conversas políticas, Eduardo Campos mostrou estranheza com as articulações de Lula sem que o ex-presidente tenha falado com ele.

« Não discuti 2014 com ninguém. Tudo que o Brasil não precisa agora é ficar montando palanque e chapa. Podemos ter em 2014 um ano melhor que 2013, mas primeiro precisamos ganhar 2013. O que precisamos montar agora é canteiro de obras, gerar empregos », disse Eduardo Campos ao Globo.

O PSB nunca escondeu suas intenções de entrar na briga pela presidência em 2014. Tanto que o governador percorrerá estados brasileiros a partir de abril, encontros com diversos setores da sociedade já foram batizados de “Diálogos do Desenvolvimento”.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email