PSDB-MG quer estudar o "pulso das ruas"

Presidente do partido no Estado, o deputado federal Marcus Pestana, revelou que sigla prepara sondagem para identificar as demandas que emergiram das manifestações para afinar discurso dos candidatos tucanos nas eleições de 2014

PSDB-MG quer estudar o "pulso das ruas"
PSDB-MG quer estudar o "pulso das ruas"

247 – O PSDB de Minas Gerais quer estudar os anseios das população antes das eleições de 2014 para afinar o discurso de seus pré-candidatos. A onda de manifestações de rua que tomou o país serviu de incentivo para uma campanha mais focada.

"A ideia é fazer uma sondagem que capte o pulso das ruas, quais as demandas que emergiram das manifestações, as expectativas das pessoas, o que elas esperam dos políticos", disse o presidente do PSDB de Minas, o deputado federal Marcus Pestana, ao Valor.

Segundo Pestana, antes das manifestações de junho, uma pesquisa mostrou uma folgada preferência dos mineiros pelo atual ministro do Desenvolvimento e ex-prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel (PT). Ele teria entre 32% a 35% dos votos e os nomes do PSDB entre 4% ou 5%.

No quadro atual, o governo de Minas, ainda não sabe se as manifestações abalaram a imagem do governador Antonio Anastasia junto aos eleitores, como ocorreu com a presidente Dilma Rousseff e com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB).

Anastasia poderá abrir caminho para o candidato apoiado pelo PSDB, mas o partido acredita que o senador Aécio Neves, pré-candidato à presidência, é visto pelos tucanos como o verdadeiro puxador de votos.

Entre os nomes potenciais estão o de Pestana, o deputado federal pelo PSDB Rodrigo de Castro e o deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa mineira, Dinis Pinheiro (PSDB).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247