PSG declara apoio a Neymar e pede investigação sobre caso de racismo

O PSG cobrou uma investigação Liga de Futebol Profissional (LFP, responsável pela organização do Campeonato Francês) e se prontificou a colaborar com a apuração dos fatos

Neymar e PSG
Neymar e PSG (Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Paris Saint-Germain divulgou nesta segunda-feira, 14, um comunicado em apoio ao atacante Neymar, que denunciou um caso de racismo por parte do zagueiro Álvaro González durante a partida contra o Olympique de Marselha, que ocorreu no domingo, 13, pelo campeonato francês.

O PSG cobrou uma investigação Liga de Futebol Profissional (LFP, responsável pela organização do Campeonato Francês) e se prontificou a colaborar com a apuração dos fatos.

Confira o comunicado:

O Paris Saint-Germain apoia fortemente Neymar Jr, que afirmou ter sido vítima de calúnias racistas de um jogador adversário.

O clube lembra que não há espaço para o racismo na sociedade, no futebol ou em nossas vidas e conclama todos a se posicionarem contra todas as suas manifestações pelo mundo.

Há mais de 15 anos, o clube está fortemente empenhado na luta contra todas as formas de discriminação ao lado dos seus parceiros, como SOS Racisme, Licra ou Sportitude.

O Paris Saint-Germain conta com a Comissão Disciplinar da LFP para investigar e lançar luz sobre estes fatos. O clube está à sua disposição para colaborar no andamento das investigações.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247