CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

PT adia de novo e novela do vice de Lacerda continua

É a quarta vez que o partido remarca a data para escolher o companheiro de chapa do atual prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda. Impasse entre as tendências petistas atrasa a solução, que poderá até vir da Executiva Nacional em SP

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Minas 247 - A divisão entre as tendências petistas obrigou a cúpula do partido em Belo Horizonte a adiar, mais uma vez, o encontro que escolherá o candidato a vice-prefeito da capital na chapa comandada por Marcio Lacerda (PSB), que tenta a reeleição em outubro.

Há pré-candidatos para todo o gosto. Os principais são o procurador-geral do município, Marco Antônio Rezende Teixeira, um nome com perfil mais técnico que agrada mais ao prefeito Lacerda; os secretários de Política Social, Jorge Nahas, e de Obras e Infraestrutura, Murilo Valadares; o deputado estadual André Quintão, ligado ao ex-prefeito e ex-ministro Patrus Ananias; o deputado federal Miguel Corrêa Jr., do grupo do ministro Fernando Pimentel, entre outros. Há sete nomes confirmados na disputa.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O impasse levou ao quarto adiamento do encontro petista. A reunião marcada para o próximo domingo agora só ocorrerá em 10 de junho. Embora a cúpula petista não admita oficialmente, não é descartada uma intervenção da Executiva Nacional, em SP, para resolver a situação.

Leia abaixo a matéria do repórter Carlos Eduardo Cherem, publicada no UOL

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O PT adiou, nesta quinta-feira (17), pela quarta vez, seu encontro para definir o nome do candidato a vice-prefeito na coligação para reeleição do prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda (PSB), segundo o deputado federal Reginaldo Lopes, presidente do diretório municipal do PT de Minas Gerais.

A reunião que estava marcada para o próximo domingo, agora, vai acontecer somente em 10 de junho.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

“Caso a situação persista. Devemos ter segundo turno na disputa para a escolha do nome do vice de Lacerda”, afirmou o petista.

Segundo Lopes, como há sete nomes confirmados na legenda para a disputa, é difícil que algum deles consiga superar a marca de 50% na disputa.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

“Se fosse hoje, é certo que teríamos um segundo turno."

O deputado afirmou ainda que, por conta do acirramento da disputa, e o fato de que nenhum dos candidatos se dispõe a retirar o nome, poderá surgir a candidatura de nome de petista fora da lista, que possa aglutinar as diversas correntes.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

“Vamos continuar as conversas e continuar procurando um nome de consenso.” Ainda nesta quinta-feira (17) o PSB aceitou fazer a coligação proporcional (na eleição de vereadores) com o PT.

“Estive reunido hoje (quinta-feira, 17) com o ex-ministro Walfrido (dos Mares Guia) que confirmou a coligação proporcional do PSB com o PT, que ainda indicará o nome do candidato a vice”, afirmou Lopes.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Mares Guia é presidente do diretório estadual do PSB de Minas Gerais. Os socialistas enfrentam grande pressão de petistas e tucanos que querem a coligação proporcional com o PSB. Porém, um não aceita o outro na aliança.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO