PT Ceará reúne pré-candidatos para tratar sobre coligação

Os pré-candidatos à deputado federal e deputado estadual pelo Partido dos Trabalhadores do Ceará se reúnem hoje com a Comissão Executiva Estadual para discutir a política de aliança. O PT está avaliando qual a melhor estratégia para eleger o maior número de parlamentares para a Assembleia Legislativa e para a Câmara Federal. A definição da posição do partido deverá ser homologada no Encontro de Tática Eleitoral, previsto para 28 de julho

PT Ceará reúne pré-candidatos para tratar sobre coligação
PT Ceará reúne pré-candidatos para tratar sobre coligação

Ceará 247 - Os pré-candidatos à deputado federal e deputado estadual pelo Partido dos Trabalhadores do Ceará se reúnem hoje com a Comissão Executiva Estadual para discutir e avaliar a política de aliança. A reunião está marcada para as 15 horas, no Hotel Amuarama. A definição da posição do partido deverá ser homologada no Encontro de Tática Eleitoral, previsto para 28 de julho.

O PT está avaliando qual a melhor estratégia para eleger o maior número de parlamentares para a Assembleia Legislativa e para a Câmara Federal. O objetivo do partido é aumentar a bancada estadual e no mínimo, manter a bancada federal. Em 2014 o partido elegeu somente dois deputados estaduais e quatro federais. Hoje, o partido conta com 4 deputados na Assembleia, com a efetivação de dois suplentes  e três na Câmara, com a saída de um deputado para outro partido.

Integram a bancada na Assembleia os deputados Moisés Braz, Elmano de Freitas, Dedé Teixeira, e Rachel Marques (esses dois últimos eram suplentes. Integram a Câmara Federal os deputados José Guimarães, José Aírton Cirilo e Luizianne Lins. O deputado Odorico Monteiro, eleito pelo PT, trocou o partido pelo PSB.

Até o momento, o PT tem cerca de 30 pré-candidatos a deputado estadual e 15 a deputado federal. Na reunião os candidatos vão avaliar se é mais interessante que o partido participe do pleito com chapa própria nas duas esferas do legislativo ou fazer coligações.

De acordo com a legislação eleitoral, cada partido pode lançar 150% das vagas do respectivo parlamento. No caso do Ceará, A Assembleia é composta por 46 deputados estaduais e para a Câmara Federal são eleitos 22 parlamentares. Nesse caso, a chapa de deputado estadual poderá ter até 93 candidatos e a chapa de deputado federal, até 66.

Nesse total está incluída a obrigatoriedade de reservar o mínimo de 30% das vagas para mulheres. De acordo com o artigo 10º, parágrafo 3º, da Lei nº 9.504/97, cada partido ou coligação preencherá o mínimo de 30% (trinta por cento) e o máximo de 70% (setenta por cento) para candidaturas de cada sexo.  

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247