PT confirma Padilha candidato em São Paulo

Após aval do ex-presidente Lula, nome do ministro da Saúde é escolhido para disputar o governo do Estado em 2014 contra o tucano Geraldo Alckmin. Atuação como candidato deverá ser discreta para não atrapalhar o governo Dilma e a aprovação do programa Mais Médicos

PT confirma Padilha candidato em São Paulo
PT confirma Padilha candidato em São Paulo
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Com o aval do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o PT definiu o nome do ministro Alexandre Padilha (Saúde) como candidato para o governo paulista no ano que vem.

Padilha, no entanto, só se assumirá na disputa após concluir a tramitação da medida provisória do programa Mais Médicos, que assegura a "importação" de médicos estrangeiros para atender regiões mais remotas do país. O prazo previsto para votação no Congresso é o mês de novembro. 

Pela estratégia do PT, a candidatura do ministro não deve ser escancarada agora para não atrapalhar o governo de Dilma Rousseff. Ele também deve diminuir progressivamente seus compromissos públicos no Estado para evitar acusações de uso da máquina ministerial e campanha antecipada. Nos bastidores, agirá em encontros privados, incluindo conversas com potenciais aliados.

O PSDB paulista conseguiu ontem no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) derrubar uma página no Facebook "Alexandre Padilha -- governador 2014", de apoio à candidatura do ministro da Saúde, alegando tratar-se de propaganda eleitoral antecipada. No processo, a defesa do petista alegou que o perfil não seria de responsabilidade dele.

No primeiro semestre deste ano, o campeão de viagens pela FAB foi o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, que decolou 110 vezes, na maioria dos casos a partir ou para São Paulo, onde tem residência permanente. Ele explica, por meio de sua assessoria, que a agenda para pactuar políticas do Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o País exige o uso de aeronaves.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247