CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

PT e PMDB disputam prefeitura em Alagoas

Cerca de 3 mil eleitores vão ter que votar neste domingo (6) em Alagoas. Eles vão escolher o prefeito e o vice do município de Palestina. Esse imbróglio jurídico se deu após o candidato a vice-prefeito numa das chapas, Gedilson Costa da Silva (PR,) ter sido preso um dia antes da eleição de 2012. A inscrição da substituta, Katherine Janine Medeiros, por sua vez, foi considerada irregular pela Justiça Eleitoral por ter ocorrido fora do prazo legal. Disputa dos votos será entre PT e PMDB

Imagem Thumbnail
Cerca de 3 mil eleitores vão ter que votar neste domingo (6) em Alagoas. Eles vão escolher o prefeito e o vice do município de Palestina. Esse imbróglio jurídico se deu após o candidato a vice-prefeito numa das chapas, Gedilson Costa da Silva (PR,) ter sido preso um dia antes da eleição de 2012. A inscrição da substituta, Katherine Janine Medeiros, por sua vez, foi considerada irregular pela Justiça Eleitoral por ter ocorrido fora do prazo legal. Disputa dos votos será entre PT e PMDB (Foto: Voney Malta)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Alagoas247 - Cerca de 3 mil eleitores devem ir às urnas, neste domingo (6), para eleger o novos prefeito e vice-prefeito que irão comandar o município de Palestina pelos próximos três anos. Ao todo, 11 sessões eleitorais serão distribuídas em dois colégios e duas chapascompostas pelos candidatos Dino César (PMDB) e Eliane Lisboa, 'Lane Cabudo' (PT), concorrem à chefiado Executivo Municipal.

Em entrevista ao portal Gazetaweb, o técnico judiciário Marcos Roberto explicou que as urnas serão colocadas neste sábado (5), às 14h, nos colégios municipais Pedro Félix e Manoel Pereira Filho, que vão receber a população residente no município e os eleitores que transferiram o título até o dia 6 de novembro do ano passado, 152 antes do pleito.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"Temos uma média de 3.689 eleitores, mas nem todos vão participar porque trabalham fora da cidade; destes, cerca de três mil vão comparecer aos colégios eleitorais. O clima aqui na cidade está tranquilo e todo o efetivo da Polícia Militar [PM], Polícia Federal [PF], Ministério Público [MP] e o Poder Judiciário, com sete a oito servidores do cartório e do TRE [Tribunal Regional Eleitoral], trabalhando no processo", comentou Marcos.

O resultado da eleição deve sair no início da noite do domingo e a juíza eleitoral Clarissa Oliveira Mascarenhas tem até o dia 21 de maio para diplomar o novo prefeito e o vice-prefeito da cidade, conforme resolução do TRE. Entram na disputa o peemedebista Dino César, cuja vice é Maria Petronila, e a petista Eliane Lisboa, com a vice Vera Lúcia.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Processo judicial

O imbróglio jurídico se deu após o candidato a vice-prefeito Gedilson Costa da Silva (PR) ser preso um dia antes da eleição. A inscrição da substituta, Katherine Janine Medeiros, por sua vez, foi considerada irregular pela Justiça Eleitoral por ter ocorrido fora do prazo legal, decisão esta mantida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por meio de decisão da ministra Luciana Lóssio.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Após um ano e três meses sendo administrada de forma interina pelo então presidente da Câmara de Vereadores, Geraldo Joaquim de Carvalho (PTdoB), o município se prepara para escolher o novo prefeito, que ficará na chefia do Executivo até 31 de dezembro de 2016.

Com gazetaweb.com

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO