PTN descarta volta para base de ACM Neto

Presidente do PTN na Bahia, o deputado federal João Carlos Bacelar (foto) reitera o "compromisso" com o PT na disputa pela prefeitura de Salvador neste ano, e descarta possibilidade de o partido voltar para a base de ACM Neto (DEM), que vai tentar se reeleger; cota do PTN no governo de Rui Costa, o diretor do Detran, Lúcio Gomes, reitera as palavras de Bacelar; "Não vejo nenhuma sinalização no sentido de a gente retornar para a base do prefeito. Até porque a experiência não foi a melhor possível. Então, a gente vai continuar sendo fiel ao projeto político no qual hoje a gente se encontra", diz Lúcio

Presidente do PTN na Bahia, o deputado federal João Carlos Bacelar (foto) reitera o "compromisso" com o PT na disputa pela prefeitura de Salvador neste ano, e descarta possibilidade de o partido voltar para a base de ACM Neto (DEM), que vai tentar se reeleger; cota do PTN no governo de Rui Costa, o diretor do Detran, Lúcio Gomes, reitera as palavras de Bacelar; "Não vejo nenhuma sinalização no sentido de a gente retornar para a base do prefeito. Até porque a experiência não foi a melhor possível. Então, a gente vai continuar sendo fiel ao projeto político no qual hoje a gente se encontra", diz Lúcio
Presidente do PTN na Bahia, o deputado federal João Carlos Bacelar (foto) reitera o "compromisso" com o PT na disputa pela prefeitura de Salvador neste ano, e descarta possibilidade de o partido voltar para a base de ACM Neto (DEM), que vai tentar se reeleger; cota do PTN no governo de Rui Costa, o diretor do Detran, Lúcio Gomes, reitera as palavras de Bacelar; "Não vejo nenhuma sinalização no sentido de a gente retornar para a base do prefeito. Até porque a experiência não foi a melhor possível. Então, a gente vai continuar sendo fiel ao projeto político no qual hoje a gente se encontra", diz Lúcio (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Presidente do PTN na Bahia, o deputado federal João Carlos Bacelar reitera o "compromisso" com o PT, e afirma que o partido pode fazer composição com os petistas também para chapa proporcional. "O nosso entendimento é de que a gente tenha quatro ou cinco coligações, e a gente está conversando com o PT", diz Bacelar.

O diretor-geral do Detran, Lúcio Gomes, descarta com veemência a possibilidade de o PTN recompor a base do prefeito ACM Neto (DEM) na Câmara Municipal de Salvador, especulação que foi consentida até mesmo pelo democrata.

"Hoje de forma alguma. O nosso líder, o deputado Bacelar, já deixou bem claro que fazemos parte da base de apoio ao governador Rui Costa, e assim devemos permanecer. Não vejo nenhuma sinalização no sentido de a gente retornar para a base do prefeito. Até porque a experiência não foi a melhor possível. Então, a gente vai continuar sendo fiel ao projeto político no qual hoje a gente se encontra", diz o diretor do Detran.

Lúcio Gomes acredita que o PTN fará uma boa bancada na Câmara Municipal. "Acreditamos que vamos ter a mesma densidade eleitoral que a gente teve na última eleição. Nossa expectativa é de manter essa força. Salvador é um reduto do PTN. Certamente vamos conseguir manter nossa base eleitoral".

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247