Rands ironiza acusações por campanha antecipada

Secretário estadual de Governo afirmou que não pode se responsabilizar por publicações de simpatizantes em ferramentas como o Facebook; com relação à visita a Brasília Teimosa, o pré-candidato da CNB à Prefeitura do Recife afirmou que apenas foi ao encontro de filiados ao seu partido

Rands ironiza acusações por campanha antecipada
Rands ironiza acusações por campanha antecipada (Foto: Lindomar Cruz/ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Leonardo Lucena _PE247 - O pré-candidato a prefeito do Recife da corrente petista Construindo um Novo Brasil (CNB), Maurício Rands, foi irônico e se mostrou tranquilo em relação às duas representações que sofreu do Ministério Público Eleitoral (MPE), ontem (23), acusando o petista de praticar campanha antecipada. O secretário estadual de Governo foi enquadrado tanto por ações no Facebook como por visita realizada ao bairro de Brasília Teimosa, no último dia 21.

“A ida ao bairro de Brasília Teimosa foi apenas uma visita aos filiados do PT. Se alguém descobrir uma fórmula para você se deslocar de uma casa para outra sem passar pela rua, pode me dizer que eu fico rico”, brincou Rands. De acordo com o pré-candidato, nem ele, nem seus companheiros levaram objetos alusivos à campanha, como bandeira, panfletos, etc...

Em relação ao questionamento feito por conta de mensagens no Facebook, Rands afirmou que ninguém tem controle desta plataforma, porque ela é a “casa dos usuários”. “Você não pode impedir que as pessoas se manifestem pelas redes sociais, torcendo e fazendo festa”, completou.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email