Receita cobra R$ 13 milhões de Andrés Sanchez, acusado de burlar fisco

Ex-presidente do Corinthians e candidato a deputado federal pelo PT, Andrés Sanchez é acusado de armar um esquema para burlar o fisco e sonegar impostos; ele, seu sócio e uma de suas firmas devem à Receita Federal R$ 13,9 milhões relativos a impostos não recolhidos

Ex-presidente do Corinthians e candidato a deputado federal pelo PT, Andrés Sanchez é acusado de armar um esquema para burlar o fisco e sonegar impostos; ele, seu sócio e uma de suas firmas devem à Receita Federal R$ 13,9 milhões relativos a impostos não recolhidos
Ex-presidente do Corinthians e candidato a deputado federal pelo PT, Andrés Sanchez é acusado de armar um esquema para burlar o fisco e sonegar impostos; ele, seu sócio e uma de suas firmas devem à Receita Federal R$ 13,9 milhões relativos a impostos não recolhidos (Foto: Gisele Federicce)

247 – O ex-presidente do Corinthians e candidato a deputado federal pelo PT, Andrés Sanchez, deve à Receita Federal, junto com um sócio, R$ 13,9 milhões relativos a impostos não recolhidos.

A dívida é proveniente de cerca de R$ 40 milhões em lucro não declarado de uma de suas empresas. Sanchez é acusado de articular um esquema para burlar o fisco e sonegar impostos. Outra acusação aponta ainda que o ex-cartola usou um laranja para esconder seus lucros.

Os crimes são relacionados à pequena empresa Orion, que, no poder de Sanchez e seus sócios, movimentou em 2005 R$ 42,3 milhões, mesmo tendo um capital social de apenas R$ 5 mil.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247