Recifense vai monitorar gestão pela internet

Os prazos, as metas e o cronograma atualizado das obras que serão feitas no Recife serão disponibilizados na Internet; anúncio foi feito pelo prefeito da capital pernambucana, Geraldo Júlio (PSB); clico de monitoramento terá início no mês de abril

Recifense vai monitorar gestão pela internet
Recifense vai monitorar gestão pela internet
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Leonardo Lucena_PE247 – Os prazos, as metas e o cronograma atualizado das obras que serão feitas no Recife serão disponibilizados na Internet. O anúncio foi feito pelo prefeito da capital pernambucana, Geraldo Júlio (PSB), que informou que o clico de monitoramento terá início no mês de abril, pois os 22 secretários terão até março para estruturarem suas pastas para a implementação da política de acompanhamento das obras. O objetivo é incentivar a participação popular na gestão municipal.

A principal vantagem da medida é que a população recifense poderá acompanhar o andamento das obras na Capital. “Nós faremos um levantamento das ações em andamento e colocaremos isso junto com o nosso programa de governo; fixando e pactuando as metas até o final do mês de março”, acrescentou Geraldo Júlio.

Em um encontro realizado ontem (6), em Boa Viagem, Zona Sul do Recife, o prefeito reuniu os 22 secretários para discutir metas que serão seguidas pela prefeitura. Outro tema em pauta foi a extinção dos 630 cargos comissionados, que levará a uma economia de quase R$ 1 milhão aos cofres públicos.

“Isso mexe com a estrutura de todas as secretarias. Estamos passando uma orientação para detalhar bem esse processo”, declarou o secretário de Planejamento e Gestão do município, Alexandre Rebêlo. “A ideia é que no dia 31 de janeiro essa atividade de montagem de governo seja concluída para publicarmos os decretos”, acrescentou.

Por outro lado, Geraldo Júlio vai criar 300 cargos de analista de gestão com remuneração estimada em R$ 2,8 mil, que somando com a possibilidade de gratificações, deve gerar um custo em torno de R$ 1,5 milhão. Ou seja, o objetivo do prefeito é economizar no gasto com cargos comissionados (quase sete mil atualmente) e aumentar o custo com o monitoramento de sua gestão.

No mês que vem, haverá a reunião de pactuação, com a finalidade de zelar pelo cumprimento das metas. “Em fevereiro, vamos verificar a situação de alguns projetos e detalhar essas informações para a reunião de pactuação”, complementou Geraldo Julio.

Sobre este encontro, cada secretário deverá apresentar as metas para 2013, considerando os projetos em andamento, o plano de governo e o orçamento disponível. Depois desse processo, o prefeito vai analisar cada pasta e elencar os projetos para, assim, fechar o conjunto de prioridades.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email