Refém de Iris, PMDB quer definir logo o futuro

Depois de passar semanas em sua fazenda no Mato Grosso, Iris Rezende retorna a Goiânia pressionado por PT e PMDB para dar a palavra final sobre a manutenção ou não da aliança; peemedebistas querem saber logo se Iris será candidato a prefeito de Goiânia para definir o futuro; caso o velho cacique desista, é esperada uma retirada em massa de lideranças e vereadores que não enxergam outro nome capaz de substituir Iris; nas pesquisas, o nome do ex-governador aparece na liderança; ele, como sempre, faz mistério e diz que só atende ao apelo dos aliados e de Deus

Depois de passar semanas em sua fazenda no Mato Grosso, Iris Rezende retorna a Goiânia pressionado por PT e PMDB para dar a palavra final sobre a manutenção ou não da aliança; peemedebistas querem saber logo se Iris será candidato a prefeito de Goiânia para definir o futuro; caso o velho cacique desista, é esperada uma retirada em massa de lideranças e vereadores que não enxergam outro nome capaz de substituir Iris; nas pesquisas, o nome do ex-governador aparece na liderança; ele, como sempre, faz mistério e diz que só atende ao apelo dos aliados e de Deus
Depois de passar semanas em sua fazenda no Mato Grosso, Iris Rezende retorna a Goiânia pressionado por PT e PMDB para dar a palavra final sobre a manutenção ou não da aliança; peemedebistas querem saber logo se Iris será candidato a prefeito de Goiânia para definir o futuro; caso o velho cacique desista, é esperada uma retirada em massa de lideranças e vereadores que não enxergam outro nome capaz de substituir Iris; nas pesquisas, o nome do ex-governador aparece na liderança; ele, como sempre, faz mistério e diz que só atende ao apelo dos aliados e de Deus (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - Depois de uma temporada em sua fazenda no Mato Grosso, onde acompanhou a colheita de soja, o ex-prefeito Iris Rezende retoma esta semana sua agenda de atendimentos e articulações no escritório político em Goiânia. No PMDB, vereadores, deputados e lideranças esperam Iris ansiosamente para definição do projeto do partido para a eleição deste ano.

O prefeito Paulo Garcia (PT) espera há pelo menos três semanas uma resposta definitiva a respeito da manutenção da aliança municipal. É Iris Rezende quem vai dar a palavra final. Está praticamente certo que o casamento vai terminar, com os dois partidos tendo candidaturas próprias.

"Vereadores e lideranças que pensam em se candidatar pelo PMDB estão parados, esperando um sinal mais claro sobre o projeto de Iris. Isso porque, se Iris for candidato, o cenário é de fortalecimento do partido, com filiações e uma forte chapa para a Câmara de Goiânia. Se não for, muitos devem procurar outros partidos e o PMDB ainda deve perder vereadores, diz a coluna Giro, de O Popular, desta seguna-feira.

O PMDB não tem outro nome na manga para substituir Iris Rezende. Nas últimas semanas, circularam boatos entre os peemedebistas de que Iris não estaria disposto a ser candidato. O ex-governador, no entanto, mantém a estratégia que sempre usou e evitar dar maiores esclarecimentos, deixando para revelar seu projeto em cima da hora.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247