Renan tem até abril para anunciar secretário

O governador Renan Filho (PMDB) terá até o dia 2 de abril para anunciar o substituto do secretário de Segurança Pública, Alfredo Gaspar de Mendonça, atingido pela decisão dos ministros do Supremo Tribunal Federal por ser membro do Ministério Público; mas, apesar de ter 20 dias para fazer a transição, Renan Filho afirmou que o novo gestor deve ser conhecido ainda esta semana; "Nós buscamos alguém com a liderança, a capacidade técnica e a habilidade para aglutinar que tem o secretário Alfredo Gaspar”

O governador Renan Filho (PMDB) terá até o dia 2 de abril para anunciar o substituto do secretário de Segurança Pública, Alfredo Gaspar de Mendonça, atingido pela decisão dos ministros do Supremo Tribunal Federal por ser membro do Ministério Público; mas, apesar de ter 20 dias para fazer a transição, Renan Filho afirmou que o novo gestor deve ser conhecido ainda esta semana; "Nós buscamos alguém com a liderança, a capacidade técnica e a habilidade para aglutinar que tem o secretário Alfredo Gaspar”
O governador Renan Filho (PMDB) terá até o dia 2 de abril para anunciar o substituto do secretário de Segurança Pública, Alfredo Gaspar de Mendonça, atingido pela decisão dos ministros do Supremo Tribunal Federal por ser membro do Ministério Público; mas, apesar de ter 20 dias para fazer a transição, Renan Filho afirmou que o novo gestor deve ser conhecido ainda esta semana; "Nós buscamos alguém com a liderança, a capacidade técnica e a habilidade para aglutinar que tem o secretário Alfredo Gaspar” (Foto: Voney Malta)

Alagoas 247 - Com a publicação nessa segunda-feira (15) da decisão que proíbe membro do Ministério Público de ocupar cargo no Executivo, o governador de Alagoas, Renan Filho (PMDB), terá até o dia 2 de abril para anunciar o substituto do secretário de Segurança Pública, Alfredo Gaspar de Mendonça.

Mendonça teve a saída confirmada na quarta-feira da semana passada (9), quando os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram sobre o assunto, após questionamentos sobre a posse do então ministro da Justiça, Wellington Lima e Silva, que deixou o cargo ontem (14).

Apesar de ter 20 dias para fazer a transição, Renan Filho afirmou na última sexta-feira que o nome do novo gestor deve ser conhecido ainda esta semana. Segundo o governador, ele está avaliando o perfil dos possíveis secretários para poder "bater o martelo".

"Nós buscamos alguém com a liderança, a capacidade técnica e a habilidade para aglutinar que tem o secretário Alfredo Gaspar de Mendonça. Quando assumimos o governo, Alagoas registrava uma média de 90 homicídios por mês. Nós reduzimos para 50, no primeiro ano de governo. E, agora, estamos registrando 30", explicou Renan Filho na última sexta.

Com gazetaweb.com

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247