Repercussão negativa faz Eunício pedir a Jucá retirada da nova PEC da impunidade

Em reunião no final da noite de ontem, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), a pediu ao senador Romero Jucá (PMDB-RR) a retirada da proposta estabelecendo que todos os integrantes da linha sucessória da presidência da República não respondessem por fatos anteriores ao mandato. Eunício seria um dos beneficiários direto da proposta, juntamente com o presidente da Câmara Federal, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), ambos citados por delações da Operação Lava Jato já homologadas

Em reunião no final da noite de ontem, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), a pediu ao senador Romero Jucá (PMDB-RR) a retirada da proposta estabelecendo que todos os integrantes da linha sucessória da presidência da República não respondessem por fatos anteriores ao mandato. Eunício seria um dos beneficiários direto da proposta, juntamente com o presidente da Câmara Federal, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), ambos citados por delações da Operação Lava Jato já homologadas
Em reunião no final da noite de ontem, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), a pediu ao senador Romero Jucá (PMDB-RR) a retirada da proposta estabelecendo que todos os integrantes da linha sucessória da presidência da República não respondessem por fatos anteriores ao mandato. Eunício seria um dos beneficiários direto da proposta, juntamente com o presidente da Câmara Federal, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), ambos citados por delações da Operação Lava Jato já homologadas (Foto: Fatima 247)

Ceará247 - A repercussão negativa da PEC de senador Romero Jucá (PMDB-RR) estabelecendo que todos os integrantes da linha sucessória da presidência da República não respondessem por fatos anteriores ao mandato levou o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), a pedir ao senador a retirada da proposta.

Eunício seria um dos beneficiários direto da proposta, juntamente com o presidente da Câmara Federal, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), ambos citados por delações da Operação Lava Jato, já homologadas. A reunião com Jucá foi ontem (15) à noite, na residência de Eunício, em Brasília. O senador justificou que pediu a retirada para evitar ser acusado de estar legislando em "causa própria.

 




Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247