Retração do PIB: líder tucano vê culpa do governo

Para o deputado Bruno Arajo, o governo no realizou as reformas necessrias para afastar os efeitos da crise econmica mundial

Retração do PIB: líder tucano vê culpa do governo
Retração do PIB: líder tucano vê culpa do governo (Foto: Rafael Branquinho/SEFOT-SECOM)

Raphael Coutinho _PE247 – O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta terça-feira (6) que a economia brasileira cresceu 2,7% no ano passado. O número foi bastante inferior aos 7,5% registrados em 2010. O líder do PSDB na Câmara Federal, o deputado pernambucano Bruno Araújo, atribuiu ao governo o fraco desempenho do PIB no ano passado, ao contrário do que afirma a presidente Dilma Rousseff, de que a culpa é dos países desenvolvidos. De acordo com o parlamentar tucano, em 2011 o discurso adotado pela presidente era que a crise não atingiria o Brasil e, agora, a conversa mudou.

“É mais fácil colocar a culpa nos outros. O PIB é mais uma prova de que os governos petistas não fizeram a lição de casa. O governo deveria administrar o país de olho nos indicadores da economia, que não estão nada bem, em vez de se orientar apenas pelas pesquisas de popularidade”, ressaltou Araújo.

O líder do PSDB apontou alguns fatos que contribuíram para o resultado, como o abandono das reformas estruturais e a carga tributária nas alturas. “Nesses dez últimos anos, pouco ou nada se fez para conquistar condições estruturais de competitividade, com um sistema tributário simplificado, infraestrutura econômica e social moderna, sistema educacional de qualidade, sistema de inovação tecnológica dinâmico”, apontou.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247