Reunião de Dilma com governadores começa de forma tranquila

A presidente Dilma Rousseff (PT) já está em Fortaleza, capital do Ceará, onde abriu a reunião do Conselho Deliberativo da Sudene junto com os governadores do Nordeste e dos Estados de Minas Gerais e Espírito Santo, para anunciar medidas contra a seca. Porém, a maior expectativa é para ver como a chefe do Executivo federal e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), vão se comportar, já que ambos procuram “marcar território” no Nordeste visando as eleições 2014

Reunião de Dilma com governadores começa de forma tranquila
Reunião de Dilma com governadores começa de forma tranquila
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

PE247 – A presidente Dilma Rousseff (PT) já está em Fortaleza, capital do Ceará, onde se abriu a reunião do Conselho Deliberativo da Sudene junto com os governadores do Nordeste e dos Estados de Minas Gerais e Espírito Santo, para anunciar medidas contra a seca. Porém, a maior expectativa é para ver como a chefe do Executivo federal e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), vão se comportar, já que ambos procuram “marcar território” no Nordeste, reduto tanto da petista como do pessebista.

Procurado pelos repórteres assim que chegou ao local do evento, o governador pernambucano procurou desconversar sobre as eleições presidenciais de 2014 dizendo que "não é hora de falar sobre sucessão presidencial" e que sua ida ao Ceará tem como objetivo discutior ações de combate à estiagem. Mas o gestor deve fazer novas crítica ao governo, ainda que em tom discreto. Campos já disse que uma das preocupações dos Governos Estaduais nordestinos é a burocracia para fazer as medidas contra a seca saírem do papel. Preocupado com o fato do PT querer colar nele a pecha de ingrato e traidor em função de suas pretensões eleitorais, Campos teria em mãos uma série de dados referentes aos prejuízos causados pela estiagem de maneira a rebater as críticas contra ele, caso ele julgue seja necessário.

Quem acompanhou a presidente em sua chegada a Fortaleza foi o governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), que apoio a reeleição da petista. Mas também vive-se a expectativa para saber se o ex-chefe do Executivo cearense, Ciro Gomes, apresentará algum posicionamento sobre o pleito 2014. O pessebista chegou afirmar que Eduardo Campos não tinha preparado e visão de país, defendendo, portanto, o projeto de reeleição da presidente Dilma. Porém, segundo a TV Diário, do grupo, Verdes Mares, teria dito no começo deste mês que gostaria de ver uma candidatura da legenda socialista.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email