Ruína política de Aécio favorece Alckmin

Segundo o jornal Valor, ao lado de outros governadores do partido, Alckmin passou o dia desta quinta-feira, 18, em conversas com parlamentares tucanos para defender a escolha do senador Tasso Jereissati (CE) para presidir a sigla; articulação, que contou ainda com o apoio dos senadores, reverteu um consenso que chegou a existir na bancada em torno do nome do deputado federal Carlos Sampaio (SP), que embora seja paulista, é um nome ligado a Aécio

Alckmin Aécio
Alckmin Aécio (Foto: Aquiles Lins)

SP 247 - A troca no comando do PSDB, depois que Aécio Neves foi flagrado pedindo propina ao empresário Joesley Batista, da JBS, deve fortalecer o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

Segundo o jornal Valor, ao lado de outros governadores do partido, Alckmin passou o dia desta quinta-feira, 18, em conversas com parlamentares tucanos para defender a escolha do senador Tasso Jereissati (CE) para presidir a sigla.

A articulação, que contou ainda com o apoio dos senadores, reverteu um consenso que chegou a existir na bancada em torno do nome do deputado federal Carlos Sampaio (SP), que embora seja paulista, é um nome ligado a Aécio. 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247