Rússia abre inquérito contra brasileiros que assediaram russa

Após denúncia da advogada e ativista Alyona Popova, o Ministério do Interior da Rússia confirmou que abriu um inquérito formal contra brasileiros que apareceram em um vídeo machista contra uma russa; na carta enviada ao governo, a ativista afirmou que "cidadãos estrangeiros deveriam pedir desculpas publicamente, e para a menina, e todos cidadãos russos"

Rússia abre inquérito contra brasileiros que assediaram russa
Rússia abre inquérito contra brasileiros que assediaram russa (Foto: Reprodução)

247 - O Ministério do Interior da Rússia confirmou que abriu um inquérito formal contra brasileiros que fizeram uma brincadeira machista contra uma russa e se aproveitaram do desconhecimento da língua portuguesa da torcedora para afirmarem várias vezes que a genitália dela é "rosa". A advogada e ativista Alyona Popova fez a denúncia. 

Na carta enviada ao governo, a ativista afirmou que que "cidadãos estrangeiros deveriam pedir desculpas publicamente, e para a menina, e todos cidadãos russos diante do sexismo, da falta de respeito às lei Russa, o desrespeito por um cidadão russo, insultos, humilhação da honra e dignidade de um grupo base em seu gênero". O relato foi publicado no Estadão.

Um dos torcedores que aparecem no vídeo é o advogado pernambucano e ex-secretário de Turismo de Ipojuca Diego Valença Jatobá, que pediu desculpas pelas redes sociais. "Peço perdão à todos pela imagem que transmiti. Nunca pensei que uma brincadeira seria capaz dessa repercussão toda, estou muito triste pelo que vem acontecendo, perdão à todos", postou.

Outro identificado foi o tenente Eduardo Nunes, de Santa Catarina. A Polícia Militar (PM-SC) havia informado que ele seria alvo de um processo disciplinar.

O site The Intercept Brasil publicou um tuíte informando que um terceiro rapaz é Luciano Gil Mendes Coelho, acusado de improbidade administrativa. Ele foi preso em operação da Polícia Federal por desvio de dinheiro. Ele é natural de Picos, no Piauí, e já foi secretário de Saúde e de Educação do Estado.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247