Salas de bate-papo no Facebook suportam até 50 pessoas de uma vez

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Nova sala de videochamada do Facebook promete até mesmo 50 pessoas simultâneas. (Fonte: E-Investidor)

O Facebook adicionou uma onda de novos recursos de chamada de vídeo ao WhatsApp, Messenger e ao seu aplicativo principal, após o aumento da demanda por chamadas de vídeo frente à crise global do coronavírus. As novas salas do Messenger permitirão que as pessoas iniciem conversas de vídeo em grupo que podem ser acompanhadas por até 50 pessoas!

A empresa relata que divulgou os recursos mais cedo do que o planejado devido ao confinamento social após a pandemia. O Facebook disse que trabalhou com criptografadores para impedir que visitantes indesejados entrem nos chats. Embora os novos recursos estejam disponíveis para alguns usuários primeiramente no Reino Unido, a atualização levará várias semanas para alcançar todos os membros do Facebook. Segundo o comunicado, o Rooms estará disponível “em alguns países esta semana e será expandido para o resto do mundo".

Os serviços de videochamada viram um aumento exponencial no uso durante a pandemia do coronavírus. O Facebook disse que as videochamadas no Messenger dobraram desde o ano passado, principalmente nas áreas mais afetadas pelo vírus. O aplicativo rival Zoom viu usuários ativos diários crescerem para 300 milhões em abril. E o Houseparty, de propriedade da Epic Games, fabricante do Fortnite, foi baixado mais de dois milhões de vezes no início de março, quando as primeiras grandes cidades dos EUA emitiram pedidos para que as pessoas ficassem em casa.

Tempos da adaptação

Frente à situação de isolamento em massa após o início do que vem se tornando uma das maiores crises que envolvem a economia, política e saúde, a adaptação torna-se imprescindível. As chamadas em grupo, agora mais utilizadas do que nunca, são usadas para matar a saudade, ou até mesmo para estudos em grupos, cerimonias, e jogos multiplayer. Há quem as utilize até para tentar a sorte com um casino online em grupos de amigos, situação em que fica mais fácil de achar coragem, determinação e diversão em grupo.

Salas de bate-papo no Facebook suportam até 50 pessoas de uma vez

Frente ao isolamento mundial, a demanda por chamadas de vídeo tem crescido e, com ela, as opções para os usuários que dispensam o isolamento virtual. (Fonte: MaisTecnologia).

Novas funções se tornaram disponíveis com o aumento dos acessos em vídeochamada. Como o Houseparty, o Messenger Rooms permitirá que as pessoas entrem e saiam de bate-papos em grupo enquanto a "sala" estiver aberta. John Hegeman, vice-presidente de feed de notícias do Facebook, disse que a empresa queria recriar o "acaso" que acontece no mundo físico, algo que ele alegou que os concorrentes de videoconferência não fizeram.

"No mundo físico, você tem a capacidade de esbarrar nas pessoas... por isso, esperamos que parte desse acaso possa ocorrer neste produto", disse Hegeman. As salas podem ser criadas via Facebook ou Messenger, e a empresa disse que planeja adicionar o recurso ao Instagram, WhatsApp e a seus dispositivos de videochamada do Portal "em breve". As pessoas que criarem uma sala do Messenger poderão manter sua sala pública ou privada, bloquear participantes indesejados e enviar convites para pessoas que não estão no Facebook.

Além disso, os participantes poderão usar filtros de realidade aumentada e mudar seus antecedentes em tempo real. As salas públicas serão listadas na parte superior do feed de notícias do Facebook. O serviço foi testado na Argentina e na Polônia, onde o Facebook Messenger é muito usado. Durante os testes, as salas podiam suportar 17 a 20 participantes por vez, mas o Facebook disse que esse número aumentaria para 50 nas próximas semanas.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247