Salvador tem primeiro imóvel certificado com IPTU Verde

A sede do Sindicato da Indústria da Construção do Estado da Bahia (Sinduscon/BA) recebeu nesta segunda-feira a oficialização de ser o primeiro empreendimento de Salvador certificado pelo IPTU Verde, categoria Ouro; o IPTU Verde é uma certificação destinada à construção sustentável, baseada em cinco pontos estratégicos que envolvem gestão sustentável das águas, eficiência e alternativas energéticas, projeto sustentável, bonificações e emissões de gases do efeito estufa; tendo essas iniciativas aplicadas ao empreendimento, o gestor acumula pontos e a soma desses valores é convertida em desconto no IPTU

A sede do Sindicato da Indústria da Construção do Estado da Bahia (Sinduscon/BA) recebeu nesta segunda-feira a oficialização de ser o primeiro empreendimento de Salvador certificado pelo IPTU Verde, categoria Ouro; o IPTU Verde é uma certificação destinada à construção sustentável, baseada em cinco pontos estratégicos que envolvem gestão sustentável das águas, eficiência e alternativas energéticas, projeto sustentável, bonificações e emissões de gases do efeito estufa; tendo essas iniciativas aplicadas ao empreendimento, o gestor acumula pontos e a soma desses valores é convertida em desconto no IPTU
A sede do Sindicato da Indústria da Construção do Estado da Bahia (Sinduscon/BA) recebeu nesta segunda-feira a oficialização de ser o primeiro empreendimento de Salvador certificado pelo IPTU Verde, categoria Ouro; o IPTU Verde é uma certificação destinada à construção sustentável, baseada em cinco pontos estratégicos que envolvem gestão sustentável das águas, eficiência e alternativas energéticas, projeto sustentável, bonificações e emissões de gases do efeito estufa; tendo essas iniciativas aplicadas ao empreendimento, o gestor acumula pontos e a soma desses valores é convertida em desconto no IPTU (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - A sede do Sindicato da Indústria da Construção do Estado da Bahia (Sinduscon/BA) recebeu, nesta segunda-feira (20), a oficialização de ser o primeiro empreendimento de Salvador certificado pelo IPTU Verde, categoria Ouro.

O IPTU Verde é uma certificação destinada à construção sustentável, baseada em cinco pontos estratégicos que envolvem gestão sustentável das águas, eficiência e alternativas energéticas, projeto sustentável, bonificações e emissões de gases do efeito estufa. Tendo essas iniciativas aplicadas ao empreendimento, o gestor acumula pontos e a soma desses valores é convertida em desconto no IPTU.

Durante o evento, foi lançado o manual de aplicações dos requisitos do IPTU Verde para orientar engenheiros, projetistas e arquitetos acerca das práticas sustentáveis em uma construção. Estas informações podem ser encontradas no site http://iptuverde.salvador.ba.gov.br/.

O IPTU Verde é uma iniciativa da prefeitura para incentivar empreendimentos imobiliários residenciais, comerciais, mistos ou institucionais. Seu funcionamento é assim: ao somar 50 pontos, o empreendedor ganha 5% de desconto e o imóvel recebe a certificação bronze. Com 70 pontos (ou 7% de desconto), o selo Prata é conferido ao empreendimento. Acumulando 100 pontos (10% de desconto) é concedido o certificado Ouro.

"O objetivo dessa certificação não é apenas garantir a existência de prédios verdes na cidade, mas fomentar um mercado econômico a partir da tecnologia sustentável. Isso vai gerar novos empreendimentos, empregos e postos de trabalho", explica o secretário da Cidade Sustentável (Secis), André Fraga.

Para o secretário da Fazenda de Salvador, Paulo Souto, o IPTU Verde é uma medida avançada, que "cuida de implantar ações de sustentabilidade, não punitivas ou regulatórias, mas que estimula o mercado e contribui para que as pessoas se enquadrem na legislação moderna que Salvador implantou para dar condições de crescimento sustentável à cidade".

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247